Crise Climática em destaque na quinta edição do We Art Water Film Festival

Crise Climática em destaque na quinta edição do We Art Water Film Festival

 A Fundação We Are Water (FWAW) apresentou a quinta edição do We Art Water Film Festival no contexto da 67.ª edição do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián.

O We Art Water Film Festival é um festival internacional de curtas-metragens que procura reconhecer e premiar o talento de criadores com clara sensibilidade em relação aos problemas da crise climática e da água no mundo. De acordo com a organização, o objetivo principal deste festival passa por “dar visibilidade a estas questões através da criação de pequenos filmes que abordem a temática”.

No centro desta edição estão os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas, tendo como finalidade ser uma “potente ferramenta de comunicação para a sensibilização do público”. O diretor da FWAW, Xavier Torras destaca que “nesta quinta edição do Festival queremos dar especial atenção à crise climática e aos seus efeitos. Os diferentes olhares de realizadores de todo o mundo irão certamente ajudar-nos a ter uma visão global do problema e a entender melhor as consequências dos nossos comportamentos”.

A última edição do We Art Water Film Festival obteve números recorde de participação, reafirmando-o como certame de referência na difusão de mensagens sobre o problema global da água. Ao todo, 2400 participantes representaram 127 países dos cinco continentes.

O júri do We Art Water Film Festival é composto por realizadores, atores e personalidades da cultura, do jornalismo e da cooperação internacional. Nesta edição, os membros do júri são: Daniel Monzón, realizador; Carla Simón, realizadora e argumentista; Emamode Edosio, realizador; Nora Navas, atriz e vice-presidente da Academia das Artes e Ciências Cinematográficas de Espanha; Ingrid Garcia-Jonsson, atriz; Elena Sánchez, jornalista e apresentadora do programa da RTVE “Historia de nuestro cine”; Carlos Jiménez, Desk Officer do Centro Regional de Informação da ONU (UNRIC); Sharon Metcalf, Senior Director de Parcerias Estratégicas e Programas da American University School; Xavier Torras, diretor da Fundação We Are Water; e a realizadora, argumentista e produtora Judith Colell, curadora do Festival.

Por que motivo organiza a Fundação We Are Water este festival?

 De acordo com os dados da Organização das Nações Unidas:

  • 2100 milhões de pessoas não têm acesso a água potável gerida de forma segura.
  • 4200 milhões de pessoas não têm acesso a serviços de saneamento básico.
  • 263 milhões de pessoas precisam de caminhar mais de 30 minutos em cada direção para recolher água de fontes que se encontram longe das suas casas.
  • 361 milhares de crianças com menos de 5 anos morrem todos os anos por causa de diarreia.
  • 152 milhões de pessoas utilizam água não tratada de lagos, lagoas, rios e arroios.

A cada ano, a Fundação aumenta a visibilidade destes problemas com o We Art Water Film Festival.

O Festival está aberto a participantes de todas as nacionalidades com mais de 18 anos e divide-se em três categorias: micro-documentário, micro-ficção e micro-animação. As curtas a concurso deverão ter entre 1 e 3 minutos e abordar os temas da crise climática, água e sustentabilidade, relacionando-os com o problema global de saneamento e os seus impactos em áreas como a higiene, poluição, agricultura, saúde, nutrição e educação. Haverá um prémio de 3.000€ por categoria e ainda um prémio do público no valor de 1.000€. Os projetos poderão ser submetidos até dia 3 de abril de 2020, aqui.

Foto cedida por: Fundação We Are Water