Dachser ajuda famílias carenciadas na índia

Dachser ajuda famílias carenciadas na índia

A Dachser – empresa focada na logística e transporte de mercadorias, com presença em Portugal através da Dachser ASL nos segmentos aéreo e marítimo e da Azkar no transporte terrestre –, em colaboração com a organização Terre des Hommes, está a apoiar um projeto de ajuda humanitária, no estado central indiano, Maharashtra.

O intuito do projeto passa por proporcionar o acesso a água potável, criar opções de armazenamento de água, garantir cuidados de saúde e alimentação e oferecer oportunidades de trabalho e educação, assim como distribuir sementes especialmente às famílias mais carenciadas, garantindo uma nutrição adequada, pode ler-se no comunicado.

O período de seca está a elevar os preços das sementes, fertilizantes e água, arruinando o trabalho de muitos agricultores no centro da Índia. Neste sentido, a Terre des Hommes e a Dachser estão a fornecer água potável para dez aldeias de Maharashtra, na pretensa de melhorar algumas as condições de vida da região. Refira-se, ainda, que há mais de dez anos que, juntas, têm defendido os direitos das crianças e adolescentes na Índia.

“O nosso objetivo passa por assegurar a sobrevivência de quase duas mil famílias afetadas pela seca”, reforça Ingrid Mendonça, Regional Coordinator South Asia da Terre des Hommes. “Além dos esforços imediatos para fornecer água potável a partir de camiões-tanque, a missão do nosso novo projeto prende-se em dar ferramentas aos habitantes para que se possam ajudar a eles próprios a longo prazo. Essa é a essência de todo o nosso trabalho com a Terre des Hommes na Índia, no Nepal, na Namíbia e no Brasil”, explica Bernhard Simon, CEO da Dachser.
Para além desta ajuda, os habitantes de Maharashtra vão poder participar em oficinas de direitos civis, para que no futuro possam procurar ajuda, de forma autónoma, junto do governo da Índia. Além disso, os parceiros locais da organização Terre des Hommes estão a trabalhar junto dos agricultores para encontrar métodos de cultivo alternativos de preservação de água.

Por fim serão ainda criados espaços para crianças e adolescentes onde poderão passar o tempo, estudar e brincar durante o dia, assim como participar em workshops sobre métodos de cultivo de conservação de água e práticas ambientais responsáveis.