Deco Proteste lança movimento para a criação do Dia Nacional da Sustentabilidade

Deco Proteste lança movimento para a criação do Dia Nacional da Sustentabilidade

Com o intuito de sensibilizar todos os quadrantes da sociedade portuguesa para a necessária mudança comportamental e quanto à urgência de uma maior preocupação no âmbito da sustentabilidade, a DECO PROTESTE oficializa a 22 de abril, Dia Mundial da Terra, a sua intenção de criar o Dia Nacional da Sustentabilidade, efeméride que pretende comemorar todos os anos no dia 25 de setembro, data em que foram oficializados pela ONU os 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS).

E como forma de materializar esta iniciativa, a DECO PROTESTE já entregou na Assembleia da República (AR) a proposta para a criação do Dia Nacional da Sustentabilidade, aguardando-se agora pelo agendamento da discussão do tema em plenário. Tal como refere Bruno Santos, Public Affairs & Media Relations da DECO PROTESTE, “é agora fundamental que os consumidores nos acompanhem nesta missão para, junto da AR, conseguirmos o reconhecimento deste dia”.

Para contextualizar a problemática, Bruno Santos acrescenta que “embora Portugal ocupe o 15º lugar no Índice dos ODS da União Europeia, a verdade é que ainda não cumprimos nenhum dos 17 objetivos propostos. Encontramo-nos abaixo da média europeia em vários aspetos, nomeadamente na ação climática que, segundo os dados da Rede de Soluções para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, tem tido uma trajetória decrescente no panorama nacional”.

Bruno Santos salienta ainda que “os efeitos das alterações climáticas, causadas pelas escolhas e comportamentos dos cidadãos de ontem e de hoje, poderão ser nefastos para as gerações vindouras, caso a humanidade não se una para reduzir a sua pegada ecológica. Para cumprirmos as metas propostas pelo acordo de Paris seria necessário diminuir substancialmente as emissões de CO2, chegando a uma taxa de redução de 6% ao ano”.

Nesse sentido, com a criação do Dia Nacional da Sustentabilidade “pretende-se não só contribuir para uma cada vez maior consciencialização da sociedade em relação às alterações climáticas, uma matéria urgente, mas também quanto a outros fatores de sustentabilidade, imprescindíveis para as gerações futuras, incentivando a discussão sobre uma causa que é de todos”, comentou Rita Rodrigues, Head of Public Affairs & Media Relations da DECO PROTESTE.

Além desta primeira ação oficializada junto da Assembleia da República, a DECO PROTESTE vai igualmente avançar com um conjunto de iniciativas a decorrer até ao dia 25 de setembro do corrente ano, entre elas a organização de colóquios e fóruns de discussão, de forma a envolver todos os cidadãos portugueses neste movimento em prol da sustentabilidade.

Para acompanhar e apoiar todas as ações a desenvolver pela DECO PROTESTE no âmbito da criação do Dia Nacional da Sustentabilidade, os consumidores podem inscrever-se na página criada para o efeito: https://www.deco.proteste.pt/acoes-coletivas/sustentabilidade, disponível a partir de hoje.