Descargas ilegais de esgotos no rio Cávado

Descargas ilegais de esgotos no rio Cávado

Categoria Águas, Ambiente

Estão a ser feitas descargas ilegais para o rio Cávado, em Barcelos, devido à incapacidade e insuficiência de resposta da ETAR das Tomadias, localizada na freguesia de Areias São Vicente. A acusação é feita por populares e facilmente confirmada no local. A cerca de 150 metros da ETAR, encontra-se um tubo que liga a estação até um ribeiro, seguindo depois para o rio. A água turvam a espuma e o cheio nauseabundo denunciavam, ontem de manhã, o que a população há muit diz saber, refere o Jornal de Notícias.

Fernando Salgueiro, morador em Areias São Vicente, denunciou o caso à Águas de Barcelos mas a resposta não foi satisfatória. O morador diz que lhe foi dito que o impasse se relacionava com “questões políticas” que impossibilitam terminar algumas obras.

“Se a ETAR não está concluída, por que razão estão as pessoas a pagar saneamento?”, questiona. A AdB terá dito ainda que as águas residuais têm “algum tratamento” antes de irem para o ribeiro. “Se as águas estão tratadas, porquê o cheiro nauseabundo junto do ribeiro e o aspeto daquela água?”

Confrontada com aquela situação, a AdB explica que “poderá ter ocorrido uma alteração do trajeto natural da linha de água (depois do ponto de descarga da ETAR)” que “estará na origem das obstruções e consequente alagamento de terrenos particulares”.

A empresa não assume porém as culpas e atira a responsabilidade para o município. A AdB diz que falta construir uma estação elevatória, a respetiva conduta elevatória e ainda alguns troços de rede gravítica, o que permitiria o encerramento da ETAR de Areias São Vicente. Em funcionamento passaria a estar definitivamente a ETAR de Areias de Vilar, cuja construção está concluída desde 2009 e que representou um investimento de 1,8 milhões de euros.