Descargas no rio Vizela chegam ao Parlamento

Categoria Águas, Ambiente

Uma petição para “salvar o rio Vizela” vai ser debatida hoje na Assembleia da República, refere hoje o Jornal de Notícias. O documento alude às sucessivas descargas que têm assolado o rio, sobretudo em Fafe e Vizela, ao mesmo tempo que pugna pela “identificação de soluções imediatas de sistemas de vigilância, fiscalização e punição dos autores de um crime desta escala”.

Os “tons vermelhos e derivados” com que o rio é pintado todos os meses podem ter fim próximo, a julgar pela vontade que os partidos com assento parlamentar demonstraram na última semana. O Parlamento recebeu cinco requerimentos (PSD, CDS, CDU, Verdes e BE) a pugnar por mais fiscalização de descargas e identificação dos focos poluidores.

As exigências vão ser feitas hoje ao Governo e submetidas à votação dos deputados na sexta-feira. Apenas o PS e o PAN não apresentaram, ainda, qualquer requerimento. Contudo, o partido mais representado no Parlamento tem, em Vizela, um defensor “de peso” da despoluição. Trata-se do presidente da Câmara, o socialista Dinis Costa, que já afirmou querer o rio limpo e anuncio que a batalha “não vai parar”.