Dinamarca lidera produção mundial de energia eólica em 2015

Dinamarca lidera produção mundial de energia eólica em 2015

Categoria Ambiente, Energia

O título de maior produtor global de energia eólica em 2015 pertence à Dinamarca. A energia eólica foi responsável por 42% de toda a produção nacional, impulsionada por um ano com ventos mais fortes do que o normal. Em relação ao registado em 2014, a produção cresceu 3%, estabelecendo um novo recorde dinamarquês.

“A Dinamarca pode servir como um exemplo para outros países de que é possível ter as políticas verdes ambiciosas aliadas a uma alta proporção de energia eólica e outras renováveis no fornecimento de energia, com alta segurança de abastecimento e preços competitivos na eletricidade”, afirmou o ministro de Energia e Clima, Lars Christian Lilleholt.

As regiões de Jutland e Funen foram as maiores responsáveis pelo sucesso dinamarquês, num ano em que os parques eólicos Anholt e Horns foram fechados no país. Se ambos estivessem a funcionar, a produção eólica chegaria a responder por 43,5% de toda a energia dinamarquesa de 2015.

Num dia com muitos ventos, em julho, os parques eólicos da Dinamarca chegaram a produzir toda a energia necessária para o país por 24h, com um excedente de 40% que ainda pode ser exportado. Países próximos como a Noruega, Suécia e Alemanha são os que mais importam energia eólica dinamarquesa. A Alemanha destaca-se pela produção solar, enquanto a Noruega tem uma forte produção hidroelétrica.