Docente da UAlg integra grupo de peritos da ONU para avaliar o estado do Ambiente Marinho

Docente da UAlg integra grupo de peritos da ONU para avaliar o estado do Ambiente Marinho

Maria João Bebianno, professora catedrática e diretora do Centro de Investigação Marinha e Ambiental da Universidade do Algarve vai integrar um Grupo de Peritos da ONU, para elaborar o processo de regular a avaliação do Estado do Ambiente Marinho para o período 2017-2020.

O grupo é composto por 25 elementos, cinco por cada região, que se distribuem da seguinte forma: Europa Ocidental e outros Estados, Europa Oriental, Ásia Pacífico, América Latina e Caraíbas e Estados Africanos.

O primeiro ciclo culminou com a elaboração do 1º relatório sobre o estudo de base da avaliação do Estado do Ambiente Marinho. Nesta primeira fase estabeleceu-se linhas de base, pretendendo-se que na segunda, seja elaborado um ‘handbook’ para os decisores sobre cada um dos processos globais identificados, tendo por objetivo analisar e identificar lacunas e necessidades em avaliação científica, incluindo os aspetos socioeconómicos e as necessidades de pessoal em determinadas áreas de formação.

Além de Portugal, representado por Maria João Bebianno, estão representados outros Estados com peritos do Reino Unido, Grécia, Estados Unidos e Austrália. Prevê-se que o grupo agregue elementos das Agências das Nações Unidas, tal como a Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco e o Programa das Nações Unidas para o Ambiente. O grupo vai reunir-se periodicamente na Sede das Nações Unidas.