Eaton disponibiliza Internet das Coisas Industrial (IioT) e dá a conhecer tecnologias que facilitam a transição tecnológica

Eaton disponibiliza Internet das Coisas Industrial (IioT) e dá a conhecer tecnologias que facilitam a transição tecnológica

Categoria Advisor, Empresas

A Feira de Hanôver (C71, Hall 11), que está a decorrer desde esta segunda-feira, dia 1 de abril, a empresa de gestão energética, Eaton, está a “demonstrar a forma como as empresas de pequena e média dimensão se dedicam ao desenvolvimento de máquinas que podem beneficiar já hoje da Internet das Coisas Industrial (IIoT)”.

IIoT

Em comunicado enviado à imprensa, lê-se que a empresa tem dado a conhecer um “abrangente conjunto de tecnologias” que permitem que as empresas que detêm edifícios comerciais e industriais se preparem para a transição, ou seja, “um sistema energético dominado por energias renováveis e mobilidade elétrica”.

 

A Eaton está a demonstrar como conceber máquinas e sistemas preparados para a
IIoT através de:

  • Equipamentos inteligentes e cablagem inteligente – para dinamizar os processos de angariação e recolha de informação dentro e fora do bastidor
  • Conectividade de componentes para a cloud – para manutenção preditiva e otimização de performance das máquinas
  • Soluções electro-hidráulicas – para ajudar os operadores a alcançarem poupanças energéticas e a assegurarem maiores índices de disponibilidade das máquinas

Destaques tecnológicos disponíveis no stand:

  • A mais recente geração dos relays de controlo easyE4 da Eaton, concebida com diferentes cenários de utilização em mente e preparada para utilização em aplicações de media complexidade.
  • Os equipamentos podem agora ser também utilizados em circuitos de 230 V. O software easySoft combina facilidade de utilização com toda a gama de possibilidades de automação graças às capacidades de programação de texto estruturado oferecidas pela tecnologia de control relay.
  • A segunda geração dos EMS motor starters, que consegue gerir até cinco das funcionalidades clássicas de um motor de arranque convencional: arranque DOL, arranque invertido, proteção de motor, paragem de emergência e conectividade. Graças ao chassi compacto e ao design multifuncional, os motores de arranque eletrónicos podem facultar poupanças de espaço de até 80 por cento dentro do painel de controlo
  • A IIoT arena onde a Eaton vai demonstrar a analítica de dados baseados na cloud pode ser utilizada para melhorar a disponibilidade das máquinas. Adicionalmente, a Eaton vai ainda apresentar uma aplicação que dá a conhecer as possibilidades para aumentar a eficiência de sistemas electro-hidráulicos. A Eaton disponibilizou mais capacidades de serviço e suporte a empresas de media dimensão envolvidas na automação industrial. As equipas de soluções Eaton vai facultar suporte de aconselhamento e prático em tópicos como desenvolvimento aplicacional, digitalização de máquinas e sistemas e analítica e avaliação de dados. O suporte adicional é garantido através da rede de parceiros Eaton para a totalidade do ciclo de vida da aplicação, desde o planeamento até ao serviço pós-venda.

Principais destaques:

  • A nova estação de carregamento da Eaton para veículos elétricos, xChargeIn, que suporta todo o tipo de aplicações possíveis, desde estações de carregamento individual instaladas na parede até parques automóveis e sistemas inteiros compostos por múltiplas estações localizadas por exemplo junto a empresas. A xChargeIn pode ser configurada e redimensionada conforme a necessidade.
  • Os sistemas de armazenamento xStorage para ambientes residenciais e comerciais ajudam os prosumers de energia, reduzem a despesa, facultam energia de backup assim como serviços valiosos à rede, como seja a regulação de frequência. No que respeita a mobilidade elétrica, o armazenamento energético é uma tecnologia crucial que permite que os donos de edifícios implementem carregamento EV sem precisarem que as utilities invistam em dispendiosos reforços de rede ou upgrades de conectividade.
  • O pioneiro equipamento de switching de média voltagem sem SF6 usado pelas redes industriais e de distribuição. Esta oferta é especialmente relevante nesta altura, em que a UE reconsidera a proibição de uso deste gás extremamente danoso para o meio ambiente nos próximos anos.
  • O sistema de controlo de micro redes Power Xpert Optimizer que permite ainda melhorias nos índices de sustentabilidade e na resiliência energética.