ECPA usa Portugal para divulgação de tecnologias avançadas na utilização segura de pesticidas

ECPA usa Portugal para divulgação de tecnologias avançadas na utilização segura de pesticidas

A ECPA – European Crop Protection, em parceria com a ANIPLA – Associação Nacional da Indústria para a Proteção das Plantas, realizaram em Lisboa, este mês, um workshop europeu no âmbito do projeto “Safe and Sustainable Use Initiative (SUI)”, sobre “Uso da Tecnologia na Redução da Exposição na Utilização de Produtos Fitofarmacêuticos”.

Na semana dedicada à agricultura nacional, assinalada pela realização da 53ª Edição da Feira Nacional da Agricultura, em Santarém, representantes da indústria fitofarmacêutica e entidades oficiais de vários países europeus tomaram contacto com as tecnologias mais avançados na proteção passiva dos agricultores, trabalhadores agrícolas, residentes e meio ambiente.

“O SUI é um projeto que está a ser implementado em 17 países europeus, do qual Portugal faz parte desde 2005 com o Projeto Cultivar a Segurança, e faz parte de um compromisso mais alargado da nossa indústria para com a promoção das técnicas e tecnologias mais avançadas de utilização de pesticidas, com vista a reduzir o risco para o setor agrícola”, afirma Jean Charles Bocquet, diretor geral da ECPA.

No âmbito do workshop, realizou-se ainda uma visita de trabalho à Companhia das Lezírias, onde está em curso um trabalho pioneiro em Portugal de implementação das boas práticas definidas pela Indústria Fitofarmacêutica, designado por “SMART FARM” (Quinta-Modelo), um espaço de demonstração prática de implementação de Boas Práticas Agrícolas (BPA).

A ANIPLA, em conjunto com a Companhia das Lezírias, pretende promover a utilização de um conjunto de tecnologias e equipamentos indispensáveis para a utilização segura dos produtos fitofarmacêuticos, quer para o aplicador, quer para o consumidor, quer para o ambiente. Gestão de águas e resíduos, proteção e promoção da biodiversidade, produção integrada, qualidade e segurança alimentar, entre outros, são alguns dos temas abordados e em demonstração na CL.

António Lopes Dias, ANIPLA

António Lopes Dias, ANIPLA

“A formação sobre o uso seguro e sustentável de produtos fitofarmacêuticos, com grande foco na proteção e segurança do aplicador, sem esquecer o consumidor e o ambiente, é um eixo essencial de atuação da Indústria, com vista ao constante incremento da segurança alimentar, ambiental e da competitividade do agricultor, pelo que poder partilhar com as nossas congéneres e serviços oficiais europeus como em Portugal se está a trabalhar, é motivo de especial orgulho” comenta António Lopes Dias, diretor executivo da ANIPLA.

“O SUI é um projeto com coordenação portuguesa, assegurada por Luís Saramago, consultor da ECPA e coordenador do projeto a nível europeu, o que permite ao nosso país assegurar uma posição de referência e dianteira no acompanhamento de temas de enorme relevância para o setor agrícola nacional”, conclui António Lopes Dias.