EDP Renováveis prevê ultrapassar metas

Categoria Ambiente, Energia

Os lucros da EDP Renováveis recuaram 14% no primeiro semestre do ano, totalizando 69,4 milhões de euros, devido à desvalorização do euro face ao dólar. Mas, ainda assim, a empresa continuou a crescer, conseguindo aumentar em 11% o resultado operacional (EBITDA), para 548 milhões, indica o Diário de Notícias.

 

Além disso, neste momento, a empresa tem um fluxo de caixa para investir de 404 milhões de euros e vários parques eólicos em curso. Destes, 105 MW já estão instalados, mas há mais 556 MW em construção, ou seja, no final deste ano a Renováveis terá 661 MW instalados, mais que os 600 MW previstos para 2015 e também mais que os 500 MW a que se tinha proposto no actual plano estratégico, apresentado em maio de 2014.

 

O CEO  da empresa, João Manso Neto, diz que os resultados mostram que a empresa está preparada para superar as metas a que se propôs para este ano e até para os próximos quatro anos. “Estamos no bom caminho para superar os objectivos que apresentámos até 2017”, disse ontem na conference call de apresentação das contas aos analistas.