“Educar para uma Geração Azul” chega à Nazaré e a Peniche

“Educar para uma Geração Azul” chega à Nazaré e a Peniche

Categoria Advisor, Formação

Nazaré e Peniche são os dois municípios onde se iniciam, esta semana, novas sessões de formação de
professores, no âmbito do programa “Educar para uma Geração Azul”, desenvolvido pela Fundação
Oceano Azul e pelo Oceanário de Lisboa, em parceria com a Direção-Geral da Educação.

Esta formação será disponibilizada a 96 professores do 1.º ciclo do Ensino Básico, que lidam com mais de 1.200 crianças neste nível de ensino, de todas as escolas de Peniche e da Nazaré. Com estas novas ações de formação, o programa “Educar para uma Geração Azul” envolve já 337 professores, em 56 escolas distribuídas por Cascais, Mafra, Peniche e Nazaré, chegando, no total, a mais de 6.100 crianças.

Iniciado no ano letivo 2018/2019, em Mafra e Cascais, este programa pioneiro visa integrar a literacia do oceano na sala de aula e levar as crianças a crescerem conscientes da importância de contribuírem para a conservação do oceano, para que este continue a ser o principal sistema de suporte à vida no planeta.

“Educar para uma Geração Azul” permite abordar, em contexto escolar, oito áreas fundamentais do conhecimento sobre o oceano, transversais a várias matérias, como literatura, ecologia, direito, estratégia, geografia, economia, história, física e química, e responde a perguntas colocadas pelas crianças, como: “Porque é importante o oceano?”, “Quem é o dono do oceano?” ou “Porque é especial o mar de Portugal?”.

O programa foi desenhado para que os professores possam trabalhar os conteúdos de Português, Matemática e Estudo do Meio do 1.º ciclo do ensino básico, assim como as áreas de competências do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, através dos ensinamentos do mar. Os professores ficam habilitados, também, a explicar o oceano aos seus alunos, através de atividades práticas e lúdico-pedagógicas, incentivando a realização de trabalho de campo nas zonas costeiras de Portugal, através de experiências dentro e fora da sala de aula.

A Fundação Oceano Azul e o Oceanário de Lisboa consideram que os professores, enquanto parceiros fundamentais deste programa, são os principais agentes mobilizadores para a motivação e inspiração dos alunos para esta temática, podendo contribuir para que as próximas gerações de portugueses sejam os cidadãos europeus mais comprometidos com a conservação do oceano e, também, os mais preparados para viver no século XXI, marcado pela necessidade da sustentabilidade ambiental, da bioeconomia azul e da descarbonização.