Electrão: 45 toneladas de pilhas e baterias recolhidas em plena pandemia

Electrão: 45 toneladas de pilhas e baterias recolhidas em plena pandemia

Categoria Resíduos

O Electrão – Associação de Gestão de Resíduos recolheu 45 toneladas de pilhas e baterias nos primeiros sete meses do ano, em plena pandemia de Covid-19. “Este valor representa apenas cerca de um terço do que foi recolhido no mesmo período nos dois anos anteriores”, refere a associação em comunicado. Em 2018 o número de pilhas e baterias encaminhadas para reciclagem chegou às 126 toneladas e, no ano passado, atingiu as 169 toneladas.

Esta redução, segundo a associação, está relacionada com o período de confinamento obrigatório, com a consequente diminuição de consumo e ainda com o encerramento de alguns espaços, como escolas e centros comerciais, onde funcionam alguns dos pontos de recolha Electrão.

A 9 de setembro, dia em que se assinala o Dia Europeu da Reciclagem de Pilhas, o Electrão recorda no mesmo comunicado para a necessidade de depositar as pilhas usadas num ponto de recolha Electrão para garantir que são corretamente encaminhadas para reciclagem protegendo-se desta forma o ambiente e a saúde humana. Outra opção passa por acondicionar as pilhas usadas em casa, reunindo várias unidades na mesma caixa, e entregá-las posteriormente num ponto de recolha Electrão de forma mais confortável.

O Electrão disponibiliza uma rede de recolha que disponibiliza um total de 2505 pontos de recolha de pilhas e baterias. Existem também diversas campanhas de recolha e sensibilização, promovidas pelo Electrão, para a separação e correto encaminhamento de pilhas e baterias, nomeadamente a Escola Electrão, o Quartel Electrão, os Escuteiros Electrão e as Pilhas e Lâmpadas por Alimentos.