Electrão reciclou quase 50 mil toneladas de embalagens usadas em 2020

Electrão reciclou quase 50 mil toneladas de embalagens usadas em 2020

Categoria Ambiente, Resíduos

Em 2020, o Electrão reciclou quase 50 mil toneladas de embalagens usadas, o equivalente a cinco quilos por habitante, mesmo com o factor Covid-19, registando um crescimento de 19% nas quantidades enviadas para reciclagem face ao ano anterior. Esta é uma das conclusões do relatório executivo, disponível online, que sintetiza de forma transparente, com recurso a infografias, os resultados alcançados pela entidade em ano de pandemia.

Nesse ano, segundo o Electrão, foram também recicladas cerca de 17 mil toneladas de equipamentos elétricos fora de uso, o que corresponde a dois quilos de equipamentos eléctricos usados por cada cidadão: “As quantidades de equipamentos eléctricos usados recolhidas cresceram em 2020 cerca de 20% comparativamente com o ano anterior, consequência direta da atividade da subsidiária Electrão Recolha e Reutilização que operou uma verdadeira alteração do modelo logístico da recolha e da expansão do número de locais de recolha no país”, declara o director-geral do Electrão, Pedro Nazareth.

Segundo o relatório, foram ainda recolhida 346 toneladas de pilhas e baterias usadas, ou seja, aproximadamente 34 gramas de pilhas e baterias portáteis per capita:“É de salientar o reforço do número de locais da rede de recolha de pilhas e baterias que cresceu para mais do dobro passando de 2098, em 2019, para 4499 pontos de recolha em 2020”, descta Pedro Nazareth.

O relatório executivo dedica um capítulo à transparência da gestão destes resíduos e explica, fluxo a fluxo, como funciona o sistema, quais os custos associados à sua gestão e como se distribuem, entre outros números relativos à actividade da associação. Além disso, convida a uma viagem pelos acontecimentos mais relevantes de 2020, sublinha o Electrão.