Ellen MacArthur Foundation distingue modelo circular da Brambles

Ellen MacArthur Foundation distingue modelo circular da Brambles

Categoria Advisor, Empresas

A Brambles recebeu a classificação “geral A” por parte da Circulytics, a ferramenta de avaliação de circularidade da Ellen MacArthur Foundation (EMF), lançada em janeiro deste e apresentada como “a mais completa ferramenta de medição de circularidade disponível”, refere em comunicado a empresa.

A Circulytics vai para além da simples medição de fluxos de materiais: “proporciona informações claras sobre todas as operações circulares, identifica áreas para melhorias imediatas e destaca oportunidades para inovação estratégica”, refere a Brambles, De forma resumida, a ferramenta ajuda a destacar os benefícios da reutilização de materiais num modelo circular em comparação com modelos de negócio lineares convencionais. O sistema de medição está dividido naquilo a que chama “catalisadores” e “resultados”.  Os primeiros são elementos da própria empresa, como estratégia, pessoas, sistemas e processos, inovação e envolvimento externo com clientes e fornecedores. A Brambles obteve de forma consistente classificações máximas em todos os temas nesta categoria.

A economia circular procura reduzir o desperdício e a poluição, bem como manter produtos e materiais em utilização, ao mesmo tempo que regenera sistemas naturais.  Com um modelo circular do tipo “partilhar e reutilizar” para os seus 330 milhões de ativos de entrega, a Brambles estava a promover a economia circular muito “antes de esta se tornar uma estratégia essencial para lidar com a crise de desperdício tanto para as empresas como para os responsáveis pela elaboração de políticas, e num setor em que a linearidade continua a ser o modelo de operação dominante”. Segundo a empresa, este modelo de negócio central e os sistemas avançados de acompanhamento e recuperação de ativos e de TI permitiram a obtenção destes resultados na avaliação elaborada pela Circulytics.

Jarkko Havas, lead of data and metrics na Ellen MacArthur Foundation felicitou a Brambles pela sua excelente classificação, referindo que “a marca tem estado envolvida na fase de desenvolvimento da Circulytics e estamos satisfeitos por ver que a empresa já começa a beneficiar da utilização desta ferramenta. A Brambles está a tomar medidas práticas para a transição para uma economia circular e já apresenta excelentes progressos, que esperamos continuar a ver através da evolução futura da Circulytics”.

A Brambles também obteve uma classificação elevada na secção “resultados” da ferramenta de avaliação, relacionada com entradas (sob a forma de materiais e energia) e com o modo como os resultados, na forma de produtos ou serviços, contribuem para a economia circular. A concentração em fornecimento sustentável chamou a atenção da equipa de avaliação, permitindo ainda identificar áreas de desenvolvimento para a estratégia futura da Brambles.

Juan José Freijo, VP global head of sustainability da Brambles, apoia esta participação na Circulytics, que além de permitir a avaliação tanto para a circularidade de fluxos de produção e a cadeia de valor da empresa como um todo, fornece feedback sob a forma de informações e comentários personalizados da Ellen MacArthur Foundation. Para Juan José Freijo, “o poder desta ferramenta vai muito além da nossa empresa; incentivamos outras organizações a utilizar a Circulytics para orientar o respetivo percurso circular. Também podemos utilizá-la com as nossas colaborações do Programa ´Um mundo com zero resíduos´ para definir a nossa evolução futura e avaliar o nosso progresso”.

Juan José Freijo referiu ainda que “o mundo e especificamente as atividades da cadeia de abastecimento têm uma necessidade urgente de circularidade. A nossa participação na Circulytics não é motivada apenas pela vontade de obter reconhecimento por aquilo que já alcançámos.  A vantagem desta ferramenta reside na sua capacidade de incentivar e prestar apoio adicional ao nosso desejo de tornarmos o nosso modelo de operação ainda mais circular. Este excelente resultado reforça a nossa ambição de aumentar ainda mais a proporção da nossa energia proveniente de fontes renováveis. Apesar de estarmos orgulhosos do nosso modelo do tipo partilhar e reutilizar e dos nossos níveis atuais de fornecimento sustentável, um dos nossos objetivos recorrentes enquanto empresa circular é de prosseguir uma estratégia de regeneração para sistemas naturais que podem ser afetados pela nossa pegada de operação”.