Em 2016 o setor de bens e serviços ambientais gerou 3% do VAB nacional

Em 2016 o setor de bens e serviços ambientais gerou 3% do VAB nacional

Em 2016, o setor de bens e serviços ambientais gerou 3% do Valor Acrescentado Bruto (VAB) nacional, 3,5% das exportações e 2,4% do emprego, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Face ao ano anterior, verificaram-se crescimentos neste setor superiores aos da economia nas principais variáveis económicas analisadas, destacando-se o VAB com um aumento de 10,8% (3,4% para o conjunto da economia) e as exportações (6,4%, que compara com 2,7% para o total). Os domínios ambientais que mais contribuíram para o crescimento do VAB deste setor foram a gestão dos recursos energéticos (+16,2%), a gestão dos resíduos (+13,6%) e a gestão da água (+10,6%).

Em 2015 o peso relativo do VAB do setor dos bens e serviços ambientais no VAB nacional foi 2,8%, superior à média da UE28 (2,3%).

Em 2016, a Despesa Nacional em Proteção do Ambiente (DNPA) totalizou 2.289,3 milhões de euros (1,2% do PIB), tendo decrescido 6,3% relativamente ao ano anterior, refletindo a diminuição do investimento e o aumento das transferências recebidas do resto do Mundo.