ENEL e Schneider Electric conseguem que mais de 40% da energia em Itália seja renovável

ENEL e Schneider Electric conseguem que mais de 40% da energia em Itália seja renovável

Categoria Home

A ENEL escolheu a Schneider Electric, para atualizar o seu sistema de gestão de redes elétricas e satisfazer as necessidades do futuro, melhorando a qualidade do serviço e a fiabilidade para os clientes.

As poupanças de energia anuais estimadas pela ENEL, graças à integração do ADMS EcoStruxureTM da Schneider Electric, são de 144 GWhal por ano, permitindo reduzir as emissões de CO2 em 75.000t de CO2 anuais. Graças às aplicações, analíticas e serviços que integram o ADMS EcoStruxureTM da Schneider Electric, mais de 40% da energia em Itália já é renovável e as energias verdes podem implementar-se com custos sociais e operacionais muito mais reduzidos.

A transição para energias renováveis é uma das grandes prioridades deste século, o que faz com que a distribuição de energia seja mais difícil do que nunca. A ENEL, com aproximadamente 32 milhões de clientes, é a maior empresa de distribuição elétrica de Itália. Graças às soluções da Schneider Electric, a ENEL pôde enfrentar este desafio e adaptar a sua rede para obter mais eficiência, beneficiar das energias renováveis e alcançar o seu objetivo de zero emissões de carbono em 2050.

O sistema avançado de gestão de distribuição (ADMS) EcoStruxureTM da Schneider Electric concedeu à ENEL a capacidade de poder integrar recursos renováveis e todas as vantagens da energia ecológica, e ao mesmo tempo aumentar a qualidade do serviço e de fornecimento. A ENEL utiliza o ADMS EcoStruxureTM para proporcionar um modelo matemático e visual da sua rede de distribuição, incluindo modelos detalhados de gestão de tensão, geração distribuída, controlo de frequência, resposta à procura e outros dados de gestão de redes inteligentes. Além disso, otimizaram-se as redes existentes sem necessidade de investimentos adicionais.

O ADMS EcoStruxureTM da Schneider Electric é uma rede inteligente capaz de aproveitar ao máximo os dados recolhidos em todos os sistemas para adaptar-se com flexibilidade e equilibrar de forma dinâmica o fornecimento e a procura. Trata-se de uma solução em tempo real que oferece uma funcionalidade completa para planificar, operar, simular e analisar o sistema de distribuição de uma empresa elétrica.

O ADSM EcoStruxureTM ajuda as empresas elétricas com redes complexas, como é o caso da ENEL, a minimizar as interrupções e as perdas de energia. Além disso, permite compilar todos os dados recolhidos nos seus sistemas já existentes, centralizá-los num sistema inteligente, analisá-los e sugerir a melhor estratégia.

“O ADMS da Schneider jáera sem dúvida o melhor do mercado. Com os anos, iremos trabalhar juntos para o melhorar ainda mais”, afirma Christian Noce, System e Project Manager da ENEL. “Com este sistema, somos agora capazes de reduzir perdas de energia de 144 GWh por ano, o que equivale à energia que é consumida por aproximadamente 50.000 famílias italianas por ano.”