ENERAREA com projetos para redução das emissões de CO2

ENERAREA com projetos para redução das emissões de CO2

Categoria Ambiente, Energia

A ENERAREA – Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior tem a decorrer vários projetos no âmbito do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC 2013 – 2014), que visam a redução das emissões de CO2 através da poupança de energia elétrica.

De entre esses projetos, destaque para o Projeto IEEM – Iluminação Eficiente em Edifícios Municipais, que visa promover a instalação de soluções de iluminação mais eficiente em edifícios públicos, promovendo a utilização racional de energia elétrica e o combate ao desperdício. Para atingir esses objetivos substituir-se-ão equipamentos em 8.320 luminárias/ pontos de luz, ou seja, serão substituídas lâmpadas fluorescentes T8 por lâmpadas fluorescentes T5 e balastros ferromagnéticos por balastros eletrónicos.

Segundo José Manuel Custódia Biscaia, presidente do Conselho de Administração da ENERAREA, serão investidos “800.000 euros em várias medidas de eficiência energética, ao longo deste ano. Estas medidas, além da redução da fatura energética e consequente redução da despesa dos municípios com a energia elétrica, permitirão também a redução de emissão de gases com efeito de estufa, indo ao encontro das metas do Programa Europeu para as Alterações Climáticas.”

Esta medida já foi implementada nos municípios de Celorico da Beira, Penamacor e Manteigas onde foram substituídas 583, 443 e 312 lâmpadas e balastros, respetivamente, estando em fase de conclusão, nos Municípios de Fundão (1335 equipamentos) e Belmonte (480 equipamentos). Brevemente dar-se-á início aos trabalhos nos Municípios de Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Mêda, Pinhel, Sabugal e Trancoso.

“Este projeto prevê uma poupança energética na ordem dos 45%, tendo já sido alcançada, segundo medições reais no município de Celorico da Beira, uma poupança energética de 58%, o que se traduz numa grande poupança na fatura energética do município”, sublinha o mesmo responsável.