EPAL e ETIC transformam materiais em fim de vida em peças de design

EPAL e ETIC transformam materiais em fim de vida em peças de design

A EPAL lançou o desafio “Design Circular por Natureza” aos alunos da ETIC  (Escola de Tecnologias, Inovação e Criação) para apresentarem propostas de merchandising feitas a partir de materiais excedentes como papel, cartão, lonas e telas publicitárias e garrafas Fill Forever em fim de vida, contribuindo para a diminuição da pegada ecológica.

Em comunicado a EPAL indica que as candidaturas revelam um “excecional trabalho e empenho” por parte dos alunos que “aceitaram o desafio e familiarizaram-se com a cultura e história da empresa e com os princípios da economia circular, apresentando propostas muito criativas, garantindo o carácter inovador, estético e potencial gerador de notoriedade para o tema da economia circular”.

Os resultados do Concurso foram divulgados numa cerimónia presencial, onde foram garantidas todas as condições de segurança necessárias, com a atribuição de prémios monetários para os alunos, ou grupo de alunos, que ficaram nas 3 primeiras posições. O primeiro lugar foi atribuído à candidatura apresentada por Filipa Meias e Mariana Freire, o segundo lugar à candidatura de Sofia Taboada e o terceiro lugar à candidatura de André Fonseca e Catarina Rita. Esta iniciativa representa um extraordinário exemplo de como a colaboração entre escolas e empresas pode gerar inovação e excelentes resultados rumo à otimização dos recursos utilizados, criando para os seus materiais de merchandising e oferta institucional uma lógica de economia circular, onde do velho se faz novo.

A próxima etapa será a produção da linha vencedora por uma IPSS, aliando a vertente educativa, artística e ambiental à vertente social, de forma verdadeiramente inclusiva. O Concurso Design Circular por Natureza é um projeto inovador que compõe as muitas iniciativas que a EPAL tem desenvolvido em prol da economia circular, que podem ser visionadas aqui.