EPAL lidera aposta na eficiência energética

EPAL lidera aposta na eficiência energética

A EPAL foi a empresa que obteve mais candidaturas aprovadas no concurso Eficiência Energética, no âmbito do Fundo de Eficiência Energética (FEE), um instrumento financeiro do Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética (PNAEE).

Este concurso, denominado de “Aviso 22 – Eficiência Energética na Indústria, Agricultura, Floresta e Pesca”, visa diminuir o consumo energético, através da modernização e incremento de competitividade destes setores. O Fundo de Eficiência Energética (FEE), através do Decreto-Lei n.o 50/2010, constitui um instrumento financeiro para financiamento dos programas e medidas previstas no Plano Nacional de Ação para a Eficiência Energética (PNAEE) em todas as suas linhas de atuação.

A EPAL viu aprovadas 32 candidaturas, cinco das quais relativas a instalações da EPAL e, no âmbito da gestão delegada da Águas do Vale do Tejo, conseguiu aprovação de 27 candidaturas, ilustrando bem a aposta que a empresa faz na promoção da boa gestão das operações nas áreas do interior do país, contribuindo assim para uma maior integração territorial. No total o apoio do FEE será de 72.000 EUR.

Os projetos apresentados pela EPAL e pela Águas do Vale do Tejo fazem parte integrante do Plano de Eficiência e Produção Energética (PEPE) do Grupo Águas de Portugal e resultam da identificação de oportunidades de melhoria de desempenho energético, identificadas pelas equipa de operação e manutenção, em diversas ETA e ETAR.