EPAL oferece receitas com água da torneira em formatos acessíveis

EPAL oferece receitas com água da torneira em formatos acessíveis

A EPAL (Empresa Portuguesa de Águas Livres) com o acompanhamento técnico do INR (Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P.), do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, lança uma área no site – epal.pt – com uma “coleção de receitas acessível a pessoas com deficiência”, lê-se numa nota.

Esta iniciativa insere-se no âmbito da Responsabilidade Social da empresa, pretendendo “sensibilizar a comunidade para a necessidade de fazer chegar a informação a todos e de contribuir para uma sociedade mais inclusiva”, refere a empresa.

Esta coleção de receitas contempla receitas dos livros da EPAL, recentemente publicados, de águas aromatizadas e tisanas, bem como do livro assinado pela chef Cátia Goarmon. A divulgação no site abrange a descrição das receitas e das imagens, a sua adaptação para escrita pictográfica, bem como vídeos das receitas em língua gestual portuguesa.

Esta ação inclui também a publicação da coleção de receitas em Braille e será enviada a todos os clientes da EPAL que já recebem a fatura da água neste formato.

Como parceiros do projeto, a EPAL conta com a ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal), com o Serviin (Portal do Cidadão Surdo) e com a APCB  (Associação de Paralisia Cerebral de Braga), entidades com quem a empresa já tem vindo a trabalhar.

De acordo com o mesmo comunicado, a EPAL já disponibiliza a fatura em Braille desde 2006, o folheto do serviço em braille desde 2019 e implementou também nesse ano o serviço Serviin de atendimento presencial e telefónico através de videochamada em língua gestual portuguesa para a Comunidade Surda, estando neste momento a serem ultimados novos serviços inclusivos através do waterbeep e que serão divulgados brevemente.

Em estreita colaboração na partilha e divulgação desta ação em diversos meios de comunicação, a EPAL conta também com a Fundação LIGA, a APCL (Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa) e a CERCI Lisboa.