Ericsson vai ser neutra nas emissões de carbono em 2030

Ericsson vai ser neutra nas emissões de carbono em 2030

Categoria Advisor, Empresas

A Ericsson acaba de publicar o seu Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Corporativa 2019, onde, entre outras medidas, anuncia o compromisso de se tornar numa empresa neutra nas emissões de CO2, ao nível das suas próprias operações, em 2030. Essas operações incluem a utilização de veículos da empresa e o consumo energético nas suas instalações.

A empresa acredita que o acesso à comunicação é uma necessidade humana básica e que a tecnologia responsavelmente desenvolvida e implementada pode melhorar a vida das pessoas e ajudar a proteger o meio ambiente. Para tal, a Ericsson já estabeleceu uma série de objetivos numéricos e ações específicas que ajudem a melhorar o ecossistema social e ambiental:

– Reduzir em 35% as emissões de CO2 das atividades da Ericsson até 2022. À data, a redução cifra-se em 24%;

– Obter uma poupança energética de 35% até 2022 nos sistemas de rádio da Ericsson, face ao portfólio atual. À data, a poupança é de 32%;

– Atingir até 2022 um portfólio de produtos 5G dez vezes mais eficientes do ponto de vista energético comparativamente ao 4G (com os mesmos dados transferidos). Atualmente, os produtos 5G da Ericsson são já 5,5 vezes mais eficientes em termos energéticos que o 4G.

Esses objetivos estabelecidos a curto prazo reforçam a estratégia da empresa em termos de sustentabilidade.