ERP Portugal celebra esta quarta-feira o 15.º aniversário

ERP Portugal celebra esta quarta-feira o 15.º aniversário

Categoria Ambiente, Resíduos

Criada no dia 13 de maio de 2005, a ERP Portugal celebra esta quarta-feira o 15.º aniversário com um “trajeto notável e desafiante vivido no setor da gestão de resíduos no nosso país”, refere a empresa em comunicado.

Pertencente à European Recyclign Platform (ERP), fundada por quatro grandes fabricantes do setor dos Equipamentos Elétricos e Eletrónicos – Electrolux, Grupo Gillette Portugal (atual Procter & Gamble), Hewlett-Packard Portugal e Sony (atual Sony Europe Limited, Sucursal em Portugal), a ERP Portugal começou por operar na gestão de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE), tendo conquistado, em 2010, a licença para trabalhar, também, o fluxo específico de Resíduos de Pilhas e Acumuladores (RPA).

A entidade gestora conta agora com um conjunto alargado de empresas que, atualmente, ultrapassam os 800 produtores, dos quais fazem parte grandes players do setor da distribuição e empresas nacionais e multinacionais que lideram as vendas de elétricos e eletrónicos e pilhas e acumuladores no nosso país.

Rosa Monforte, diretora-geral da ERP Portugal, afirma que “somos já um player efetivo no mercado da gestão destes tipos de resíduos, fruto do trabalho que desenvolvemos em toda a nossa atividade e junto dos diversos intervenientes na cadeia de gestão dos Sistemas Integrados respetivos. Da expansão dos nossos locais de recolha às ações de prevenção e sensibilização e projetos de I&D, a ERP tem vindo a ganhar espaço em Portugal gerando o envolvimento da população, através da sua participação ativa na entrega seletiva dos resíduos visados. Festejamos os nossos 15 anos com a renovação digital das nossas redes sociais, canal que defendemos como primordial para continuarmos a mobilizar comportamentos”.

A ERP Portugal assegura que os resíduos (REEE e RPA) chegam ao seu destino final, sendo alvo de descontaminação, valorização e reciclagem. Deste modo, é possível proteger o ambiente e a saúde de todos, evitando, por exemplo, a contaminação dos solos e lençóis freáticos e a delapidação dos recursos naturais, introduzindo matérias-primas secundárias no processo de fabrico de novos produtos.

Para o efeito, o vetor da mobilização da população para a participação ativa na cadeia de gestão tem sido crucial, na medida em que tudo começa no consumidor, todos nós, uma vez que estes resíduos carecem de entrega seletiva e não podem ser colocados no lixo comum. Esta missão tem marcado a agenda da atividade da ERP Portugal na criação e dinamização de pontos de entrega destes resíduos, próximos do consumidor, numa rede que já ultrapassa 3200 pontos, distribuídos por todo o país, desde lojas de elétricos e eletrónicos a centros de receção e contentores Depositrão.

Ao longo destes 15 anos, a estratégia de comunicação e sensibilização tem-se centrado na implementação de iniciativas promotoras de aprendizagem e adoção de comportamentos sustentáveis, junto dos diversos intervenientes no Sistema de Gestão, com destaque para as ações dirigidas às escolas (campanha Geração Depositrão), parcerias com empresas e entidades ou eventos com a população em geral. A marca Depositrão nasceu em 2008 para disponibilizar locais próximos dos consumidores para facilitar a entrega dos REEE e pilhas usadas, comportamento que representa a primeira etapa da cadeia de gestão. Muito em breve, a ERP Portugal lançará uma nova solução de recolha de pilhas usadas para estimular a adesão da população e garantir que estes resíduos tão perigosos serão tratados e reciclados.