ERP promove recolha de resíduos nas unidades do programa Green Key

ERP promove recolha de resíduos nas unidades do programa Green Key

Categoria Ambiente, Resíduos

A ERP Portugal, que pertence à primeira plataforma Europeia de reciclagem, a ERP (European Recycling Platform), associa-se à ABAE (Associação Bandeira Azul da Europa) no âmbito do Programa “Green Key”, cujo alvo são estabelecimentos de hotelaria e restauração defensores das boas práticas ambientais.

Lançada em 2006, a iniciativa “Green Key” tem como objetivo a promoção do Turismo Sustentável em Portugal através do reconhecimento de estabelecimentos turísticos que implementam boas práticas ambientais e sociais, que valorizam a gestão ambiental nos seus estabelecimentos e que promovem a Educação Ambiental para a Sustentabilidade.

Através desta parceria entre a ABAE e a ERP Portugal mais de 68 estabelecimentos poderão assumir um compromisso efetivo na recolha e reciclagem de REEE (Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos) e RP&A (Resíduos de Pilhas e Acumuladores), respondendo a uma das diretrizes do Programa, respeitante à gestão de resíduos. As unidades que se destacarem nesta missão serão reconhecidas como ambientalmente responsáveis.

Para Filipa Moita, responsável de Comunicação e Sensibilização da ERP Portugal, “as unidades de hotelaria e turismo são excelentes veículos para transmitirmos a necessidade da reciclagem de equipamentos e pilhas em fim de vida, na medida em que são palco frequente da produção destes tipos de resíduos, como resultado do seu funcionamento. A sua participação nesta campanha será uma forma de trabalhar a política de responsabilidade ambiental destes estabelecimentos, enquadrando-se perfeitamente nos objetivos do Programa Green Key.”

Fátima Vieira, responsável pelo Programa Green Key em Portugal, acrescenta que “em 2017 são lançados os novos critérios da Green Key que abordam, de entre outros, requisitos de Responsabilidade social, precisamente no ano em que a Organização das Nações Unidas (ONU) declarou 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento. A resolução, aprovada no passado dia 4 de dezembro, reconhece a importância do Turismo para estimular a melhor compreensão entre os povos em todos os lugares, e conduz a uma maior consciência da herança de várias civilizações e a uma melhor apreciação dos valores inerentes de diferentes culturas, contribuindo assim para o fortalecimento da paz no mundo“.