Espinho: investimento de 1,5 milhões de euros nas redes de água e de drenagem de esgotos

Espinho: investimento de 1,5 milhões de euros nas redes de água e de drenagem de esgotos

Categoria Águas, Ambiente

A Câmara de Espinho vai investir 1,5 milhões de euros na expansão das redes de abastecimento de água e drenagem de águas residuais, que deverão ficar completas dentro de dois anos, noticia o Jornal de Notícias.

Em comunicado, a autarquia informa que 85% do investimento previsto é proveniente de fundos comunitários. O financiamento permite que a Câmara inicie a construção de sete estações elevatórias e a execução de aproximadamente 9272 metros de extensão de redes, nomeadamente, nas freguesias de Paramos (3480 m), de Silvalde (2678 m) e Anta e Guetim (3114 m), onde também será construída a rede de drenagem de águas residuais, o emissário e a estação elevatória, na zona da Aldeia Nova.

Todos os aglomerados populacionais de Espinho passam a beneficiar de um sistema de abastecimento de água e drenagem de águas residuais domésticas. “Pretende-se obter assim o nível de excelência na qualidade dos serviços prestados pelo Município”, diz a autarquia.