Estado vai deter 54% da rede SIRESP

Estado vai deter 54% da rede SIRESP

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, anunciou esta segunda-feira, que o Estado vai assumir 54% do capital social do Sistema Integrado das Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP), refere a agência Lusa.

“O SIRESP é uma sociedade anónima na qual o Estado vai assumir a maioria do capital. Isso foi decidido no passado sábado”, disse Eduardo Cabrita a jornalistas no final de uma cerimónia que assinalou o nono aniversário da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) da Guarda Nacional Republicana.

O ministro adiantou que “estão a decorrer trabalhos que visam a reestruturação da estrutura acionista de modo a que o Estado tenha uma palavra decisiva na gestão da empresa SIRESP SA, que passa por assumir 54 por cento do capital social do SIRESP”.

*Foto Lusa