EUA expandem área protegida do Pacífico

Categoria Home

A Casa Branca está a fazer planos de expansão para a área protegida existente (MPA), no meio do Oceano Pacífico com vista a criar a maior área marinha protegida do mundo. A área em causa contem sete ilhas isoladas, bancos e recifes, situando-se entre o Havai e Samoa. As águas são a casa de um vasto número de espécies desde corais, aves, tubarões e plantas  que apenas existem na região.
A expansão desta área de mar protegida, conhecida como “Pacific Remote Islands Marine National Monument” poderá duplicar a quantidade de reservas protegidas a nível mundial. Segundo a BBC News, actividades como a pesca e a exploração mineral seriam banidas numa área de dois milhões de quilómetros quadrados, protegendo recifes de corais tropicais e os seus ecossistemas tropicais, que estão a ser seriamente ameaçados pelas alterações climáticas e pela acidificação do oceano.
Ainda já tenham sido avançados valores prévios para a nova extensão da área, esta poderá variar após o Governo escutar as opiniões de organizações cientificas , de pesca e de conservação.
“Se ignorarmos estes problemas e se tirarmos os nossos recursos do oceano, não só vamos destruir um dos maiores tesouros da humanidade como iremos eliminar uma das maiores fontes do mundo não só a nível alimentar, como económico”, declarou o presidente Barack Obama à imprensa, aquando do anúncio deste plano.