FactorENERGIA gere 30 postos de carregamento na Madeira e aumenta para 53 até ao final do ano

FactorENERGIA gere 30 postos de carregamento na Madeira e aumenta para 53 até ao final do ano

Categoria Advisor, Empresas

Surgiu na Madeira em 2007 pela mão de uma equipa jovem e empreendedora. O objetivo era claro: implementar soluções de eficiência energética que sempre foi o princípio-base da FactorENERGIA, uma empresa que dá particular importância à redução dos grandes consumos energéticos e fomenta a sustentabilidade energética.

Para além de ser um Comercializador de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica (CEME), que atua em todo o território nacional, a FactorENERGIA é também titular de uma licença de Operador de Postos de Carregamento (OPC), emitida pela Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG). A sua atividade consiste na instalação, disponibilização, exploração e manutenção de infraestruturas de acesso público ou privativo, integradas na rede de mobilidade elétrica, e que permitem o carregamento de baterias de veículos elétricos.

À Ambiente Magazine, Roberto Varela, diretor-geral da FactorENERGIA, sustenta que os investimentos realizados na produção de energia renovável colmatam a totalidade da energia que a empresa vende atualmente nos postos de carregamento aos utilizadores aderentes do VE FactorENERGIA Card. Este cartão, “livre de custos de adesão ou anuidades”, permite aos clientes da empresa efetuarem carregamentos em qualquer posto da rede da Mobilidade Elétrica Nacional (MOBI.E.), tendo o “total controlo e gestão dos consumos de cada viatura”. Esta iniciativa é uma forma de acompanhamento da introdução de veículos de baixas emissões no mercado automóvel, contribuindo para a promoção de “um ambiente mais sustentável e limpo”, essencialmente nos “meios urbanos”. Além disso, com o VE FactorENERGIA Card, a FactorENERGIA assume-se como sendo a “única empresa que confia totalmente nos seus clientes da mobilidade elétrica”, até porque o cliente não é obrigado a aderir à funcionalidade de débito direto: “Os pagamentos podem ser feitos por transferência bancária e, em breve, por referência multibanco”, confirma o responsável.

O caminho trilhado mostra que a mobilidade elétrica tornou-se uma “tendência que veio para ficar”, acredita Roberto Varela, acrescentando que o número dos veículos elétricos em circulação são a prova disso mesmo, visto que têm “aumentado exponencialmente de ano para ano” na região da Madeira mas também no resto do país.

Enquanto comercializadora de energia, a preocupação com o meio-ambiente, nomeadamente com a redução das emissões de CO2 para a atmosfera, é considerada uma prioridade para a FactorENERGIA: “Podemos afirmar, com muito orgulho, que o balanço energético da energia que vendemos para a mobilidade elétrica é 100% compensado por energias renováveis de produção própria”, sublinha o responsável.

Atualmente, a empresa marca presença no arquipélago da Madeira, assegurando a gestão de “30 postos de carregamento”. Mas não vão parar por aqui: a FactorENERGIA tem a meta de instalar mais 22 postos de carregamento até ao final deste ano, sendo assegurada a certificação e integração de todos os postos de carregamento da FactorENERGIA na rede nacional MOBI.E., e tem em desenvolvimento uma aplicação web com mais funcionalidades para gerir os carregamentos, desde a integração do mapa com a visualização dos postos de carregamento disponíveis em tempo real, à integração de alertas de disponibilidade dos postos assim como de informação de carregamento concluído.

Este artigo foi publicado na edição 87 da Ambiente Magazine.