Fibrenamics aposta no desenvolvimento de produtos inovadores com base em fibra

Fibrenamics aposta no desenvolvimento de produtos inovadores com base em fibra

O Fibrenamics é um projeto que conta já com cinco anos e tem como objetivo juntar num “mesmo espaço, universidades, centros tecnológicos, empresas e stakeholders do mercado” no desenvolvimento de produtos inovadores com base em fibras. Atualmente com mais de 200 entidades parceiras, 80% delas empresas, a Fibrenamics divide o seu trabalho em seis grandes áreas como são a construção, a arquitetura, os transportes, a medicina, a proteção e o desporto.
Como explicou à Ambiente Magazine, Carlos Almeida, coordenador de Marketing, “a Fibrenamics é uma plataforma para o desenvolvimento de produtos inovadores tendo sempre como base a transferência de conhecimento da Universidade do Minho para o tecido empresarial. Os projetos desenvolvem-se através de atividades de investigação, desenvolvimento e inovação sempre com o tecido empresarial”. Mas não apenas. Todos os anos, esta plataforma, criada no seio da Universidade do Minho, promove “workshops, conferências, seminários” e bianualmente organiza uma conferência mundial, o ICNF”.
Entre os vários produtos que têm disponíveis para o mercado, Carlos Almeida, destaca a porta multicamadas, que tem três grandes funcionalidades: “isolamento acústico, consegue atingir os 40 decibéis de isolamento acústico; resistência ao fogo: aguenta mais de uma hora de corta fogo; e também a superfície antimicrobiana”. O responsável acrescenta ainda que “todo o interior é feito com um conceito multicamada. O resto é tudo de base natural, tudo de madeira”.
A Fibrenamics tem projetos também ao nível da sustentabilidade. “Trabalhamos muito com designers, por exemplo, temos um puff compósito reforçado com materiais fibrosos de origem natural”.

Raquel Pedrosa Loureiro