Fizeram 600 quilómetros em bicicletas elétricas, tudo em defesa do clima

Fizeram 600 quilómetros em bicicletas elétricas, tudo em defesa do clima

Cerca de 40 ciclistas chegaram neste domingo em bicicletas elétricas à cidade polaca de Katowice, onde está a ocorrer a conferência da ONU sobre o clima COP24. De acordo com a agência Lusa, a chegada ocorreu após percorrerem mais de 600 quilómetros desde Viena para promover este modo de transporte e lutar contra as mudanças climáticas.

Organizada pela rede espanhola da iniciativa da ONU Global Compact e pelo grupo energético Iberdrola, a equipa multinacional de ciclistas pediu “mais ambição e urgência” às autoridades políticas para responder às mudanças climáticas”, declarou à AFP um dos líderes do grupo, Carlos Salle, diretor de política energética e mudanças climáticas na Iberdrola, destacando, ainda, o papel que os veículos elétricos podem desempenhar na defesa do clima.

A equipa de ciclistas, chamada “Moving for Climate NOW”, entregou um manifesto ao número dois da Convenção das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (UNFCCC), Ovais Sarmad, e a Jakub Gibek, líder do gabinete de Política para o Clima do Ministério do Ambiente da Polónia.

A viagem permitiu-lhes mostrar a sua determinação, frente a condições climáticas hostis. “No primeiro dia, saindo de Viena, apanhámos muita chuva e vento e sofremos um pouco. Ontem, fizemos o percurso sob uma temperatura de -6°C, o que foi horrível para os nossos pés e mãos”, descreveu Salle.

“Eu elogio os ciclistas envolvidos nesta viagem de bicicleta para inspirar o mundo a seguir na direção certa para cumprir a promessa do Acordo de Paris”, disse Sarmad. “Esta é a mais importante COP (Conferência das Partes) desde a assinatura do tratado, e precisamos de iniciativas como estas para provar que governos, o setor privado e os indivíduos podem trabalhar juntos para bater-se com as alterações climáticas ao comprometer-se com o multilateralismo”.