Gaia Museu será dedicado às temáticas ambientais

Gaia Museu será dedicado às temáticas ambientais

Depois de ter sido deliberada em reunião de Câmara do dia 17 de fevereiro a abertura do procedimento de concurso público internacional de conceção para o Gaia Museu, o município refere que na próxima reunião do executivo (4 de maio) será discutida uma retificação que visa “alterar a tipologia para um equipamento dedicado às questões ambientais”, tendo como principal tema as “alterações climáticas em Gaia e no Mundo”, designando-se por: “Gaia Museu-Ambiente”.

De acordo com a autarquia, o complexo industrial da antiga Fábrica de Cerâmica e de Fundição das Devesas é um dos mais relevantes imóveis com valor histórico e cultural em Gaia, com uma importância arqueológica e arquitetónica ímpar. O significado histórico da atividade industrial no concelho, e em particular a relação com os movimentos artísticos centrados nas figuras de Soares dos Reis e Teixeira Lopes, confere àquele complexo industrial um valor excecional de enorme importância estratégica para o desenvolvimento futuro da cidade, reforçado pela localização privilegiada da fábrica junto à estação de comboios das Devesas.

O potencial que a recuperação deste equipamento possui vai além da mera preservação do edifício ou do seu espólio, estando, sobretudo, “centrado na localização estratégica que apresenta no centro urbano de Gaia, com uma relação privilegiada face aos principais espaços e equipamentos urbanos”, destaca o município, referindo que “salvar este valioso património é premente”, sendo cada vez mais “urgente atuar, dado o risco de total degradação que corre e que poderia levar à sua destruição e desaparecimento”.

Foto cedida pelo Município de Gaia