Galp duplica rede de postos de carregamento elétrico

Galp duplica rede de postos de carregamento elétrico

Categoria Ambiente, Energia

A Galp vai instalar mais 18 carregadores rápidos de veículos elétricos durante o ano de 2018, reforçando a sua posição como principal player no carregamento rápido do país, passando a operar 36 carregadores deste tipo, contribuindo decisivamente para a descarbonização do transporte individual, refere em comunicado.

Com estes carregadores, a empresa garante uma rede de carregamento que permite aos utilizadores dos veículos elétricos realizarem viagens de longa distância nas principais vias do país sem a ansiedade de controlo da autonomia das baterias, permitindo a carga de 80% da bateria em cerca de 20 minutos.

Existem atualmente em Portugal cerca de oito mil veículos elétricos cujas vendas têm vindo a duplicar anualmente, nos últimos anos.

Para além de garantir as ligações internacionais a Espanha e ao centro da Europa, serão igualmente instalados os primeiros carregadores deste tipo em zonas urbanas, nomeadamente quatro em Lisboa e três no Porto.

A estratégia da Galp para a mobilidade elétrica foi forjada através de parcerias com a Efacec, que produz e desenvolve os pontos de carregamento rápidos, a mobi.e, que gere a infraestrutura de carregamento elétrico, e os principais construtores automóveis.

Historial elétrico pioneiro na Europa
O primeiro ponto de carregamento elétrico da Galp – que foi o primeiro ponto de carregamento rápido elétrico instalado num posto de abastecimento de combustíveis em toda a Europa – foi instalado em 2010 na área de serviço de Oeiras, na A5. Seguiram-se Pombal e Aveiras, na A1, que permitiram ligar Lisboa e o Porto em ambos os sentidos.

Em 2016, a Galp instalou novos pontos na A2, entre Lisboa e o Algarve, distribuídos de forma a garan-tir intervalos adequados à autonomia média dos veículos elétricos e permitindo a ligação do país de Norte a Sul. Em 2017, juntaram-se outros sete carregadores rápidos, alargando a rede para um nú-mero total de 18.

No total, existem hoje 55 postos de carregadores rápidos em operação.

Para além de ter vindo a alargar a rede de infraestrutura de carregamento de veículos elétricos, a Galp tem igualmente promovido a transição para combustíveis mais limpos e eficientes, assegurando a co-bertura do território nacional com GPL e instalando pontos de abastecimento de gás natural nos gran-des eixos rodoviários trans-ibéricos de mercadorias, imprescindíveis para o transporte pesado rodoviário de mercadorias.