Green Project Awards revelou esta manhã os vencedores de 2015

Green Project Awards revelou esta manhã os vencedores de 2015

A 8ª edição dos Green Project Awards (GPA) anunciou, esta manhã, na Culturgest, o que de melhor se faz na área do desenvolvimento sustentável. Foram distinguidas várias entidades em sete categorias distintas: Agricultura, Mar e Turismo; Gestão Eficiente de Recursos; Consumo Sustentável; Investigação e Desenvolvimento; Iniciativa Jovem; Iniciativa de Mobilização; Produto ou Serviço. O Inspira Santa Marta Hotel, o Cabaz do Mar, a câmara municipal da Amadora, os CTT, a Escola Secundária João de Araújo Correia, os Detergentes Verdes e a associação Cais foram os grandes vencedores dos prémios GPA 2015.

Durante a cerimónia, destacou-se a atribuição do prémio Jerónimo Martins/GPA na categoria “Investigação e Desenvolvimento Sustentável” e do prémio GPA EDIA na categoria “Boas Práticas em Alqueva”, novas distinções criadas para esta edição.

O primeiro é resultante da parceria estabelecida entre o GPA e o grupo Jerónimo Martins, em que a empresa de distribuição atribuiu uma bolsa monetária, no valor de 20.000 euros, ao projeto vencedor, o Detergentes Verdes  – Biosurfactantes a partir de resíduos lenhocelulósicos da autoria de César Fonseca.

O segundo prémio foi criado no âmbito dos 20 anos de existência da EDIA (Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva) e é uma parceria do GPA com a EDIA para reconhecer as boas práticas em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável na região de Alqueva, nos quais o recurso “água” seja o fator de desenvolvimento fundamental.

Das 22 candidaturas apresentadas, o júri selecionou 10 projetos finalistas, entre os quais foram eleitos os vencedores em duas categorias: “Inovação em Alqueva” e “Boas Práticas em Alqueva”.  O Vale da Rosa ganhou o prémio na categoria de “Boas práticas em Alqueva” e o H20 Processing&Mitig: Mitigação de CO2 atmosférico, produção de soluções nutritivas, corretivos organominerais e produtos hortofrutícolas através de processo venceu a categoria de “Inovação Alqueva”, recebendo 2500 euros.

Ao longo das suas oito edições, o Green Project Awards já distinguiu mais de 80 projetos em Portugal, num total de mais de 1000 candidaturas. Em 2016, pretende continuar a promover a partilha de boas práticas que contribuam para fomentar o empreendedorismo, a inovação e a economia verde.

Os vencedores do GPA Portugal vão poder utilizar na sua comunicação o selo Green Project Awards, criado pela Havas Worldwide. A Adene, Águas de Portugal, Caixa Geral de Depósitos, Continente, Jerónimo Martins, Lipor, REN, Sociedade Ponto Verde e Veolia, apoiaram a 8ª edição desta iniciativa.