Greenfest está de regresso com entrada livre e apresenta novo cartaz

Greenfest está de regresso com entrada livre e apresenta novo cartaz

Categoria Advisor, Agenda

A 12.ª edição do GreenFest regressa a Cascais, desta vez à Universidade Nova de Carcavelos, e um novo tema a “Água”. O maior evento de sustentabilidade a nível nacional decorre de 17 a 20 de outubro, com entrada livre até às 20h00, hora de encerramento, onde os visitantes vão poder aprender mais sobre as tendências no mundo da sustentabilidade, com personalidades nacionais e internacionais, entre elas Nicole Bernt, autora do Projeto Casa Sem Lixo, Calixto Suárez, defensor da cultura indígena Colombiana e Thami Schweichler, fundador da Makers Unite.

Vão ainda ter a oportunidade de assistir às GTRENDS, onde nove oradores irão abordar diversos temas em formato pitch, a um showcooking “No Waste” com o Chef Kiko, workshops, um espetáculo de teatro com a Companhia 21 em cena, cujos atores são jovens com trissomia 21, e ainda vários concertos, entre estes de Mariana Root e Patrícia Vasconcelos.

O arranque do GreenFest dia 17 acontece pelas 09h30, com o comité de boas vindas, por parte de Pedro Norton de Matos, fundador do GreenFest, Carlos Carreiras, Presidente da Câmara Municipal de Cascais, Daniel Traça, Dean da Nova SBE e Marta Betanzos Roig, embaixadora de Espanha, país convidado. De seguida, pelas 10h00 inicia-se a Conferência Inaugural, com visita a todo o recinto, que irá contar com a presença de Luisa Schmidt, Investigadora Principal do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, João Nuno Mendes, Presidente das Águas de Portugal, Nuno Lacasta, Presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, António Correia, do Fórum Oceano e Joana Balsemão, Vereadora do Ambiente da Câmara Municipal de Cascais. O primeiro dia encerra às portas às 18h45.

Na sexta feira, dia 18 pelas 17h00, têm lugar as GTRENDS, uma reflexão e partilha, em formato pitch executivo onde durante uma hora, nove oradores têm sete minutos para abordar diversos temas sobre tendências com forte impacto no futuro. Marcam presença António Vidigal, da CEO da EDP Inovação, António Câmara, fundador e CEO da Ydreams, Thami Schweichler, fundador da Makers Unite que cria produtos sustentáveis através dos coletes de salva vidas dos refugiados, Sílvia Amaral, responsável pelo Projeto de Mobilidade Elétrica da Nissan, entre outros, sobre temas como alimentação sustentável, químicos e o seu impacto no quotidiano, políticas de habitação na cidade e alterações climáticas.

No dia 19, pelas 11h45 entra em palco a peça de teatro da Companhia 21 em Cena “A Última Lição”, cujos atores são jovens adultos com trissomia 21. Pouco depois, às 14h45, Calixto Suárez, o defensor da cultura indígena colombiana, realizará uma palestra sobre o “Planeta Água” e às 16 horas, é a vez do Chef Kiko Martins dar um showcooking com o tema “No Waste”. Também no sábado, terá lugar às 17h30 uma mesa redonda com o tema Lixo Zero – realidade ou utopia?, onde serão abordados os desafios de ter uma vida sem lixo, nunca conversa informal, em que os vários convidados dão dicas de como, com mudanças simples, se podem fazer escolhas mais conscientes. O dia termina com os concertos de Rodrigo Maia Loureiro e Mariana Root, às 17h45 e 20h00, respetivamente.

O último dia do GreenFest começa com a palestra “Cidadania Consciente” do Movimento 1%, pelas 11h00, cujo objetivo é contribuir para a construção de uma sociedade mais ativa, consciente e solidária, seguido da apresentação das Eco-Freguesias por parte da Associação Bandeira Azul da Europa, pelas 14h00. Nuno Matos Cabral, autor do blogue Primeira Casa da Rua, apresenta o seu projeto pelas 14h30, com o mote “Nada se desperdiça, tudo se transforma” em que a partir de materiais inesperados, pode-se criar objetos úteis para o dia-a-dia. Patrícia Vasconcelos irá encerrar o Greenfest com um concerto agendado para as 20h00.

As maiores marcas nacionais ligadas à sustentabilidade estão também presentes no evento e distribuídas pelas seguintes áreas temáticas: Green Houses, espaço para que se conheça a melhor maneira de tornar as casas mais eficientes e sustentáveis; Green Communities & Citizenship, área dedicada às soluções sustentáveis nas cidades e outras comunidades; Going Healthier, zona dedicada ao estilo de vida saudável onda nutrição e combate ao sedentarismo estão bem presentes; Green Travelling, onde a mobilidade e os locais mais green do planeta têm destaque; Generosity, espaço multidisciplinar que convida o Estado, ONG’s, Sociedade Civil a mostrar as melhores práticas da economia social; Green Market com uma mostra de produtos biológicos, comércio justo, upcycling, artesanato sustentável, entre outros; Green Innovation & Entrepreneurship, área onde se poderá encontrar projetos inovadores que ajudarão no desenvolvimento de sociedades mais prósperas e Generate Knowledge, um espaço dedicado ao conhecimento, à formação, investigação e ao desenvolvimento cognitivo.

Ao celebrar o que de melhor se faz nas vertentes Ambiental, Social, Económica e Cultural, o GreenFest posiciona-se como uma plataforma de partilha de ideias, experiências e melhores práticas sustentáveis, que contribui para uma maior visibilidade de projetos de empresas, instituições e cidadãos que têm o futuro sustentável em mente. Será no Campus da Nova SBE que especialistas, estudiosos, audaciosos e curiosos se vão juntar para uma reflexão profunda e partilhada e onde será feita uma abordagem mais minuciosa do cluster de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 2030 proposto pela UNESCO em que a sustentabilidade é o mote.

“No Greenfest, acreditamos que a chave está na mudança comportamental, impulsionada por exigentes consumidores e cidadãos ativos nas suas comunidades, assim como no poder multiplicador das empresas em toda a sua cadeia de valor”, lembrou o mentor e organizador da iniciativa Pedro Norton de Matos.