Grupo Accor luta contra o desperdício de comida

Grupo Accor luta contra o desperdício de comida

Categoria Advisor, Empresas

O desperdício alimentar é uma realidade cada vez mais preocupante no mundo. Anualmente, um terço dos alimentos produzidos a nível global é desperdiçado. Estima-se que em Portugal sejam desperdiçados anualmente mais de um milhão de toneladas de alimentos. Este problema torna-se transversal quando se tem em conta os fatores associados que provocam um impacto negativo na biodiversidade do planeta, como as emissões de gases de efeito estufa, ou a diminuição das reservas de água potável associadas à produção de alimentos.

Considerando a sua atividade na área da restauração, com 100.000 restaurantes em todo o mundo e 200 milhões de refeições servidas, o Grupo Accor definiu como prioridade para 2019 a luta contra o desperdício alimentar, no âmbito do seu programa de Responsabilidade Social Corporativa – o Planet 21-Acting Here.

“LOVE FOOD. NOT WASTE”: desafios anti desperdício

Durante esta semana, e por motivos da celebração do Planet 21 Day e do Dia Mundial da Terra, no dia 22 de abril, os hotéis Accor de todo o mundo são desafiados para idealizar e partilhar iniciativas que ajudem a lutar contra o desperdício alimentar. Foram definidas três categorias nas quais cada hotel pode agir com o objetivo global de reduzir desperdícios alimentares: aposta numa cozinha responsável, promoção do trabalho em conjunto entre colaboradores e clientes do hotel e reutilização ou doação de produtos, oferecendo-lhes uma nova vida.

Desde o passado 15 de abril e até 5 de maio, as unidades hoteleiras de Accor podem demonstrar as suas iniciativas e partilhar internacionalmente as melhores maneiras de lutar contra este flagelo social, económico e ambiental, através da plataforma Acting Here. As opções são variadas, desde ações pontuais, desde a criação de um menu “sem desperdício de comida” para as próprias equipas dos hotéis, até outros programas mais estratégicos e permanentes para limitar as sobras. Para motivar as próprias equipas, Accor lançou este desafio em forma de concurso, no qual os três hotéis com as melhores iniciativas, validadas através de um sistema de votação na plataforma, serão premiados.

Uma missão com resultados

A ambição do Grupo é, segundo Rebeca Ávila, diretora de Responsabilidade Social Corporativa de Accor na Europa do Sul, “oferecer aos nossos clientes uma verdadeira experiência culinária, através de uma alimentação de qualidade, saudável e sustentável” e consegue-se de diferentes formas dentro do Grupo. Nas palavras de Rebeca Ávila, “desenhar menus zero desperdício, substituir a louça por tigelas de menor tamanho para limitar o desperdício, ou organizar cursos de cozinha para os colaboradores fomentarem o aproveitamento de alimentos, são exemplos de propostas a nível local, mas com impacto real e a longo prazo que os nossos hotéis já estão a por em marcha.”

Esta ambição é reflectida nos resultados do passado ano 2018. 46% dos hotéis Accor conta com um programa para reduzir o desperdício de alimentos através do qual, só o ano passado, o grupo reduziu o lixo em 2.800 toneladas. Graças também a outras ferramentas disponibilizadas aos hotéis, como por exemplo kits de soluções adaptadas a cada unidade, grandes hotéis com um alto nível de hóspedes, eventos, refeições servidas etc. operam com tablets Winnow que os ajudam a controlar o desperdício de comida nas suas cozinhas.

Também segundo os dados de 2018,em Portugal, 7 hotéis do Grupo, desenvolveram um programa interno específico para lutar contra o desperdício alimentar, oito unidades atualmente doam os produtos alimentares não usados, e mais da metade dos 32 hotéis fornecem as suas cozinhas com produtos locais ou com cadeias de abastecimento curtas ou muito curtas.

A poupança de Accor em todo o mundo no ano 2018 situa-se entre os 25.000€ e as 10 toneladas de comida por hotel, graças aos programas promovidos dentro do Grupo para lutar contra o desperdício alimentar.