Grupo AdP assina dois novos contratos para assistência técnica em Angola

Grupo AdP assina dois novos contratos para assistência técnica em Angola

Categoria Advisor, Empresas

O Grupo AdP (Águas de Portugal) ganhou dois novos contratos para assistência técnica em Angola, um deles envolvendo a assistência técnica à Empresa de Água e Saneamento da Huíla, na província de Huíla, no sul do país, e outro para apoio a três cidades capitais de outras províncias noutras regiões, nomeadamente em Moçâmedes (província de Namibe, no litoral sul); Luena (província de Moxico, no interior); e Dundo (província de Lunda Norte, no interior norte), anuncia o grupo.

Os dois contratos agora assinados entre a AdP Internacional, empresa do Grupo AdP que opera nos mercados internacionais, e o Ministério de Energia e Águas da República de Angola respeitam a atividades que irão permitir “melhorar os serviços de abastecimento de água e de saneamento para beneficiar cerca de 2,5 milhões de pessoas, envolvendo um financiamento total de 10,5 milhões de dólares, assegurado pelo Banco Mundial e pelo Banco Europeu de Investimento, respetivamente”, refere o grupo num comunicado

De acordo com a AdP, o projeto para a província de Huíla tem uma duração de quatro anos, decorrendo na província da Huíla, e abrangendo os municípios de Lubango, Chibia, Matala, Jamba, Cacula e Quipungo, num total superior a 1,6 milhões de pessoas.

Neste contrato, os serviços da AdP Internacional envolvem a assistência técnica à Empresa de Água e Saneamento da Huíla (EASH), visando “capacitar a empresa nas áreas técnica, financeira e comercial” com o objetivo de “atingir as metas de desempenho estabelecidas e a continuidade e qualidade do abastecimento de água à população dos seis municípios sob sua responsabilidade”, lê-se no mesmo comunicado.

Segundo o grupo, o contrato de assistência técnica às três cidades capitais de província – Luena, Dundo e Namibe – tem uma duração de três anos, tendo como principal objetivo apoiar o Ministério de Energia e Águas da República de Angola na implementação do respetivo projeto de financiamento, nomeadamente na monitorização e gestão do contrato, na gestão financeira dos projetos e na gestão ambiental e social dos projetos.

Este apoio irá acompanhar as diferentes fases do ciclo do projetos –  compras, contratos e gestão financeira; bem como a conceção dos projetos, a construção de sistemas de abastecimento de água e saneamento, a operação e manutenção de sistemas de abastecimento de água e saneamento e o reforço dos técnicos locais através de programas de formação e capacitação, segundo a nota.

Os dois contratos agora assinados pela AdP Internacional vêm juntar-se a outros dois contratos que o Grupo AdP tem em curso em Angola até 2022, envolvendo o apoio à gestão das empresas provinciais de abastecimento de água e saneamento de Bengo e de Cunene e representando cerca de 14 milhões de dólares com o financiamento do Banco Africano de Desenvolvimento.

O Grupo AdP atua em Angola desde 2004, em atividades de consultoria, assistência técnica, capacitação e formação e operação e manutenção de sistemas de abastecimento de água.