Habitantes mais vulneráveis de Setúbal aconselhados a ficarem em casa

Habitantes mais vulneráveis de Setúbal aconselhados a ficarem em casa

Categoria Ambiente, Resíduos

A Direcção-Geral de Saúde (DGS) aconselhou nesta quarta-feira as populações mais vulneráveis – crianças, idosos e doentes crónicos – de Setúbal a ficarem em casa até, pelo menos, amanhã de manhã, refere hoje o Público. Além disso, recomenda que se evite a prática de desporto ao ar livre, devido devido à má qualidade do ar que resultou da coluna de fumo provocada pelo incêndio no armazém da Sapec Agro, em Setúbal e que ainda não foi extinto.

Citado pelo Observador, o director-geral da DGS, Francisco George, justifica as recomendações pelos “níveis elevados de dióxido de enxofre no ar, em especial sobre a península de Setúbal”.

Apesar dos avisos, a DGS informou esta terça-feira, que as estações que medem a qualidade do ar na zona de Mitrena, em Setúbal, não registaram qualquer valor acima do limite de referência. À Lusa, no mesmo dia, Anabela Santiago, engenheira de Saúde Ambiental da DGS, afirmou também que a Agência Portuguesa do Ambiente confirmou que as medições da qualidade do ar nas estações não ultrapassaram os valores de referência.

*Foto de Lusa