Iberospec aposta pela máxima eficiência em sistemas de areação e agitação

Iberospec aposta pela máxima eficiência em sistemas de areação e agitação

Categoria Águas, Ambiente

No ano 2014, dois engenheiros com mais de 10 anos de experiência no setor das águas fundam a Iberospec, com o propósito de oferecer aos seus clientes a tecnologia mais avançada através das empresas que representam, possibilitando soluções exclusivas capazes de oferecer um valor adicional na melhoria da eficiência energética e na redução dos custos operacionais.

Dentro das inúmeras soluções que a Iberospec propõe, destaca o difusor de bolha ultrafina de alto rendimento Aerostrip®, da empresa austríaca Aquaconsult. A sua membrana de poliuretano micro perfurada gera uma bolha ultrafina, a qual melhora a transferência de oxigénio e reduz os consumos energéticos (o reator biológico consome até 80% da eletricidade da ETAR). O difusor Aerostrip® apresenta-se com uma base de PVC (Versão Q para águas residuais municipais) ou de aço inox (Versão T, para águas residuais industriais). As duas versões têm um perfil baixo e são instalados diretamente sobre o fundo do tanque, para maximizar o arejamento na coluna de água disponível. Este difusor conta com mais de 30 anos de experiência no mercado e numerosas instalações em Espanha.

Outro dos equipamentos com uma longa lista de referências, tanto em águas residuais urbanas como industriais, é o agitador Hyperclassic®, da empresa alemã Invent. O agitador está formado por um grande corpo hiperboloide constituído por um composto plástico que transmite toda a energia hidráulica até o fundo do tanque, criando assim um padrão de fluxo radial que mistura os sólidos e evita a decantação dos lodos, com um consumo mínimo de energia. O agitador Hyperclassic® pode ser utilizado em praticamente tudo tipo de tanques e diferentes aplicações (como pode ser coagulação, floculação, zonas anóxicas e anaeróbias, tanques de lamas…etc.).

A disposição do redutor fora do tanque, facilita e reduz a manutenção do mesmo.

Este artigo foi publicado na edição 85 da Ambiente Magazine.