Ikea mostra progressos em sustentabilidade

Ikea mostra progressos em sustentabilidade

O Relatório de Sustentabilidade do Grupo IKEA para o ano fiscal de 2015, divulgado hoje durante a Cimeira do Clima em Paris, mostra progressos na estratégia de sustentabilidade “Pessoas Positivas, Planeta Positivo”, incluindo compromissos para combater as alterações climáticas. O desempenho da Sustentabilidade é anunciado em conjunto com os fortes resultados financeiros da IKEA no ano fiscal de 2015, que revela um aumento em vendas totais de 31,9 milhões de euros, uma subida de 11,2% em relação ao ano anterior.

Assim, o Grupo IKEA e a IKEA Foundation comprometeram-se com um total de 1.000 milhões de euros para combater as alterações climáticas, sendo que o grupo investiu 600 milhões de euros em energia renovável – além dos 1.500 milhões de euros em energia solar e eólica já investidos desde 2009 – e a IKEA Foundation vai canalizar 400 milhões de euros, até 2020, para apoiar as comunidades que mais sofrem com as alterações climáticas. Além disso, o grupo produziu energia renovável equivalente a 53% do consumo total das suas operações e espera atingir o objetivo dos 100% até 2020.
Atualmente, toda a gama de iluminação da IKEA é LED ou compatível com lâmpadas LED. No ano fiscal de 2015, o Grupo IKEA comercializou mais de 90 milhões de candeeiros e lâmpadas LED, permitindo a milhões de famílias reduzir a fatura de eletricidade. Por outro lado, todo o algodão e metade da madeira usada em produtos IKEA provêm de fontes mais sustentáveis.
O grupo refere ainda que, em conjunto com os fornecedores, foi possível reduzir significativamente as horas de trabalho, mantendo o mesmo nível de salários, para colaboradores que trabalham para os fornecedores do Grupo IKEA na China. E lançou as almôndegas vegetarianas – uma alternativa saudável às famosas almôndegas suecas de carne da marca.

“A nossa visão é criar um melhor dia a dia para a maioria das pessoas e estamos determinados em fazer uma diferença positiva para as pessoas e o planeta. É por esse motivo que queremos tornar-nos completamente sustentáveis, transformando o nosso negócio, e dar voz a questões críticas, como as alterações climáticas”, explica Peter Agnefjäll, presidente e CEO do Grupo IKEA.

“Na IKEA, comprometemo-nos a 100%. Qur seja no combate às alterações climáticas, como no cuidado com os nossos recursos ou no combate à desigualdade. Precisamos do apoio de todos os envolvidos no nosso negócio para atingirmos os nossos objetivos e compromissos. E, enquanto estamos nesta caminhada, começamos a sentir um impacto positivo real”, comenta Steve Howard, Chief Sustainability Officer do Grupo IKEA.