Indaqua quer reduzir água não faturada para recorde de 12,8% em 2019

Indaqua quer reduzir água não faturada para recorde de 12,8% em 2019

Categoria Águas, Ambiente

O grupo Indaqua pretende reduzir as perdas de água da rede de forma a atingir um valor de Água Não Faturada (ANF) igual a 12,8% no final de 2019, anunciou a empresa. Este valor corresponde a uma redução de 1,5 p.p., face aos 14,3% de 2018, valor esse já bem abaixo da média nacional que é superior a 30%.

Esta meta reflete o compromisso do grupo no âmbito da sustentabilidade ambiental, sendo a gestão da redução de perdas um tema central e prioritário na estratégia da empresa que tem como objetivo atingir níveis de performance worlclass, nos municípios onde está presente, refere em comunicado.

“Se Portugal tivesse um nível de perdas de água idênticas à Indaqua, o país pouparia cerca de 157 milhões de m3, o suficiente para abastecer o país por mais de três meses”, afirma Enrique Castiblanques, CEO da Indaqua.

Recorde-se que, e segundo os dados do Boletim Climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, no mês de janeiro choveu metade do habitual para a época e que metade de Portugal Continental atravessa um período de seca moderada pelo que a redução das perdas de água impõe-se como um objetivo de máxima preocupação na conduta da empresa.