Infante Santo retoma o trânsito com melhor drenagem de águas residuais urbanas

Infante Santo retoma o trânsito com melhor drenagem de águas residuais urbanas

Categoria Águas, Ambiente

Terminou, no final da semana passada, a empreitada de remodelação do descarregador de águas residuais urbanas localizado na Avenida Infante Santo, sendo que a normalidade do trânsito a uma das mais importantes artérias de circulação de Lisboa já foi reposta.

Esta obra insere-se nos “Estudos e Projetos do Sistema de Drenagem da Margem Esquerda do Caneiro de Alcântara” e pretende contribuir para “a resolução dos problemas de funcionamento da drenagem urbana decorrentes nesta zona habitacional”, lê-se em nota da Empresa Portuguesa das Águas Livres (EPAL), enviada à imprensa. Com esta intervenção, pretende-se, também. “evitar disfuncionalidades e outros constrangimentos ocasionais (tais como alagamentos), assegurar a interceção e o transporte dos efluentes domésticos em tempo seco, o controlo de descargas de excedentes em tempo húmido e o controlo de afluências de caudais pluviais (através de descarregadores de tempestade)”, acrescenta.

A EPAL, entidade responsável pela gestão do sistema de tratamento de águas residuais “em alta” que serve a cidade de Lisboa e municípios limítrofes, em comunicado, “agradece a compreensão de todos pelo incómodo causado por esta intervenção na rede de drenagem e pluvial, essencial para o bem-estar e em prol do bom ambiente”. A EPAL informa, ainda, que, ao longo do dia 28 do mês corrente, irá retirar todas as condicionantes de trânsito existentes durante estes últimos 120 dias.