IP Telecom aumenta eficiência energética com a arquitetura EcoStruxure da Schneider Electric

IP Telecom aumenta eficiência energética com a arquitetura EcoStruxure da Schneider Electric

Categoria Advisor, Empresas

A Schneider Electric desenvolveu com a IP Telecom uma plataforma de gestão operacional para monitorização de consumos de energia e condições ambientais, bem como de gestão técnica de equipamentos de suporte aos três Data Centers, sediados em Portugal. O principal objetivo da IP Telecom era garantir um claro aumento dos seus níveis de eficiência, através de implementação de soluções utilizando a automação e a tecnologia. As soluções implementadas em conjunto pela Schneider Electric e pela IP Telecom,permitem analisar e segmentar o consumo e a qualidade da energia consumida, bem como integrar todos os sistemas de suporte e podendo aceder-se a partir de qualquer local e de qualquer dispositivo, aos dados recolhidos.

O projeto teve início em janeiro de 2018 com uma auditoria realizada pela Schneider Electric à qualidade da energia, sistemas de climatização e segurança dos três Data Centers da IP Telecom, e resultou na implementação de um Sistema de Gestão melhorado, através da plataforma EcoStruxure Building que permite uma gestão integrada de vários sistemas da Schneider Electric, outros sistemas padrão e que incorpora um sistema de monitorização capaz de disponibilizar indicadores chave (KPI), em tempo real.

Esta informação permite à IP Telecom realizar relatórios energéticos extremamente completos e acionar procedimentos de manutenção preventiva e corretiva muito mais exatos e eficientes. Com a operação integrada das instalações e equipamentos, foi possível uma redução substancial do número de deslocações aos locais, tendo em conta que a informação está agora disponível numa plataforma única e as equipas de campo conseguem uma maior colaboração entre si.

Este sistema está em funcionamento desde março de 2018 e podem já verificar-se resultados significativos em termos de ROI:
– Poupança de consumos energéticos: 5%
– Poupança de custos energéticos: 10%
– Melhoria do rendimento (PUE): 15%
– Disponibilidade de equipamentos, redução de incidentes e utilização de ativos: 20%
– Otimização de custos de manutenção: 15%
– Redução da pegada de CO2: 5%

“A área da energia constitui uma trave-mestra da atividade da IP Telecom que, para conseguir cumprir a sua missão, fortalece-se através de parcerias que lhes permitam assegurar a melhor resposta para os seus clientes e no menor período de tempo. A implementação das soluções de otimização de Gestão da Schneider Electric apresenta as garantias que necessitamos para cumprir o compromisso que assumimos com todos os nossos stakeholders, nomeadamente clientes e comunidade em geral, promovendo a utilização racional dos recursos – melhorias que já se fizeram notar”, refere Alexandre Bezerra, Facilities Manager da IP Telecom.

Já Rui Ribeiro, diretor geral da IP Telecom, acrescenta que “o primeiro passo de uma estratégia de qualidade, como aquela que procuramos na IP Telecom, é o de garantir que a infraestrutura base está sustentada operacionalmente. O segundo passo é torná-la eficiente e resiliente, de forma a obter custos otimizados, potenciar novos negócios, baixando a nossa pegada de carbono, o que é algo que valorizamos. No final do dia, poder proporcionar às nossas equipas uma melhor qualidade de vida, dado que estão mais confiantes na sua infraestrutura, e aumentar a satisfação dos nossos clientes, faz-nos realmente acreditar que esta parceria com a Schneider Electric foi, e continuará a ser, uma mais valia para a IP Telecom”.