ISQ apresenta as mais recentes soluções sustentáveis no Planetiers World Gathering

ISQ apresenta as mais recentes soluções sustentáveis no Planetiers World Gathering

Categoria Advisor, Empresas

O Grupo ISQ acaba de anunciar presença no Planetiers World Gathering (PWG), o maior evento internacional sobre inovação sustentável que tem lugar no Altice Arena, em Lisboa, nos dias 22 e 23 de outubro.

No dia 22 o ISQ estará no Communities Stage, um dos palcos que receberá vários oradores internacionais, com o tema “Innovation inside the country: We belong to tomorrow’s day”, para apresentar soluções e debater os desafios futuros da sustentabilidade. Além disso, de acordo com o grupo, será apresentado aquele que é o “maior investimento científico da atualidade” que visa a “produção de energia limpa”, o “ITER”, projeto no qual o ISQ colabora há vários anos ao nível da formação, inspeção e desenvolvimento de tecnologias. Este projeto científico será apresentado no Impact Stage por Bernard Bigot.

Enquanto entidade que aposta fortemente em inovação e desenvolvimento sustentável, o ISQ dará a conhecer diversas soluções tecnológicas que vêm dar resposta a desafios no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. “Através de processos de Inteligência Artificial, Big Data, Machine Learning e IoT, o ISQ tem vindo a desenvolver soluções integradas à medida dos seus clientes, sobretudo para os sectores industriais de ponta com as indústrias de processo, aeronáutica, aeroespacial, energias renováveis, alimentação e farmacêuticas”, explica Pedro Matias, presidente do Grupo ISQ.

Para promover uma agricultura sustentável, por exemplo, o ISQ desenvolveu uma plataforma tecnológica integrada – o Intelicrop – que, através de Observação da Terra via satélie e data science, permite monitorizar as variáveis agrícolas, fornecendo informações e previsões confiáveis ​​sobre a produção, indicadores agrícolas, índices de vegetação, ou riscos fitossanitários, com antecedência adequada, ajudando a elaborar ações preventivas contra problemas fitossanitários ou para melhorar a gestão de culturas. Ainda nesta matéria, concebeu um dispositivo IoT – Smartgreenhouse – que monitoriza estufas, permitindo medir em tempo real diversos indicadores (como a temperatura, humidade do ar, luminosidade, humidade no solo, entre outros). Estas soluções vêm contribuir para uma agricultura sustentável por via do aumento do conhecimento dos meios de cultura e variáveis intervenientes.

No âmbito da promoção de cidades limpas e sustentáveis, o ISQ criou uma receita para fabricar elementos de construção, nomeadamente tijolos, que incorpora pontas de cigarros. Com esta solução, denominada E-tijolo, obtém-se um produto mais leve, com melhores propriedades de isolamento e que reduz em 60% o consumo de energia necessária para a sua produção. Em causa está a reutilização e reciclagem dos resíduos urbanos, ao integrar beatas de cigarros na composição dos tijolos tradicionais, alavancando atividades conexas que, via investigação e desenvolvimento, podem dar origem a novos produtos.

Ainda ao nível das cidades o ISQ apresenta uma solução credenciada para monitorização de ruído e vibração: uma antena acústica. Sendo o ruído um dos riscos ambientais mais importantes para a saúde, esta antena contribui para melhorar a “sustentabilidade e reduzir os riscos ambientais” à saúde e ao bem-estar da população humana, refere a empresa.