Leiria recebe consórcio de projeto europeu de eficiência energética com visita técnica ao Hospital de Santo André

Leiria recebe consórcio de projeto europeu de eficiência energética com visita técnica ao Hospital de Santo André

Nos dias 27 e 28 de outubro, Leiria recebe o consórcio do projeto europeu “Hospital SUDOE 4.0 – Gestão Inteligente de Energia em Edifícios Hospitalares”, que integra várias entidades portuguesas, espanholas e francesas, para uma reunião de trabalho, organizada pela Agência para a Energia (ADENE), sobre o estado de arte do projeto em curso. Os trabalhos incluem, na manhã do dia 28, uma visita técnica ao Hospital de Santo André (HSA) do Centro Hospitalar de Leiria (CHL), para a verificação e análise dos equipamentos de monitorização dos consumos de água, energia e qualidade do ar interior, instalados no HSA, lê-se numa nota.

O CHL participa no projeto “Hospital SUDOE 4.0 – Gestão Inteligente de Energia em Edifícios Hospitalares”, que resulta de uma candidatura ao Programa Interreg SUDOE, recentemente aprovada pela Comissão Europeia, que visa a melhoria da eficácia das políticas de eficiência energética e de uso de fontes de energia renováveis nos edifícios hospitalares. Este programa apoia o desenvolvimento regional no sudoeste da Europa, financiando projetos transnacionais através do Fundo FEDER, o que promove a cooperação para resolver problemas comuns ao território.

O Hospital de Santo André representa Portugal no projeto SUDOE, e é uma das três entidades “piloto” selecionadas do setor hospitalar, onde se realiza a análise dos consumos de água e de energia, e a qualidade de ar interior. No Hospital Perpetuo Socorro de Badajoz, em Espanha, está a ser desenvolvido o estudo da envolvente do edifício, e na Clínica Belharra, em Bayonne, em França, está a ser estudada a produção de energia a partir de fontes renováveis, refere o mesmo comunicado.

De acordo com a nota divulgada pelo CHL, o projeto Hospital SUDOE apresenta dois objetivos específicos, que se baseiam no desenvolvimento de dois instrumentos: “a gestão em tempo real dos consumos de energia e água em edifícios hospitalares, através da ferramenta Hospital SUDOE 4.0; e um passaporte para a renovação de edifícios hospitalares, que pretende mapear um conjunto de procedimentos que ajudem a definir, em cada edifício, estratégias de adaptação e de renovação para maximizar a sua eficiência energética”.

Através da experimentação e do estudo de casos, o projeto pretende concretizar a formulação e implementação de políticas públicas para uma gestão eficiente de edifícios hospitalares e a promoção de atividade económica e do emprego.

Os trabalhos no HSA estão a ser desenvolvidos pela Agência para a Energia e pelo Instituto Superior Técnico (IST), em articulação com o Serviço de Instalações e Equipamentos do CHL. São ainda parceiros neste projeto europeu o Instituto Tecnológico de Castilla y Léon, Dirección General de Arquitectura, Fundación para la Formación e Investigación de los Profesionales de la Salud de Extremadura, Fundesalud, Chambre de Commerce et Industrie Bayonne Pays, e Nobatek/Inef4.

Foto: Facebook do Centro Hospitalar de Leiria