Linha Interna entre Pedralva e Alfena incluída nos projetos aprovados pela UE

Linha Interna entre Pedralva e Alfena incluída nos projetos aprovados pela UE

Categoria Ambiente, Energia

Os Estados-Membros chegaram hoje a acordo sobre uma proposta da Comissão de investimento de 217 milhões de euros em grandes projetos de infra-estruturas energéticas transeuropeias, principalmente na Europa Central e do Sudeste. No total, 15 projetos foram selecionados na sequência de um convite à apresentação de propostas no âmbito do Mecanismo Interligar a Europa (MIE), um programa de financiamento da UE para as infra-estruturas.
Entre estes 15 projetos, encontra-se um estudo ambiental e de engenharia para o desenvolvimento interno do duplo circuito de linhas aéreas de 400 kV entre Pedralva e Alfena pela REN (Rede Elétrica Nacional, S.A.), num montante de 250.000 euros. Os projetos selecionados aumentarão a segurança energética e contribuirão para pôr termo ao isolamento de certos Estados-Membros das redes de energia da UE.

Segundo Miguel Arias Cañete, comissário europeu para a Ação Climática e Energia, “hoje, estamos a dirigir-nos às regiões da Europa que sentimos que mais precisam. Com este apoio ajudaremos a um abastecimento seguro e integraremos o mercado energético europeu ligando as redes por toda a Europa. Temos de prosseguir com a modernização das nossas redes de energia para incluir que qualquer país que ainda permaneça isolado no mercado energético europeu. As redes de energia modernas também são cruciais para garantir o uso eficiente dos nossos recursos energéticos e, por isso, essenciais para atingirmos os nossos objetivos em termos climáticos”.