Lipor e Semente juntas em campanha interna para ajudar o Banco Alimentar do Porto

Lipor e Semente juntas em campanha interna para ajudar o Banco Alimentar do Porto

Na passada terça-feira, dia 30 de junho a LIPOR e a SEMENTE entregaram 500 kg de massa alimentícia ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto, para ajudar esta instituição no seu trabalho na luta contra a fome.

Nesta altura em que a pandemia, para além da complicada situação de saúde pública que provoca, continuando a criar constrangimentos à economia e às empresas e uma grande incerteza de futuro para muitos, estas associações uniram esforços para ajudar quem mais precisa, neste caso, ajudando quem ajuda. “Estamos atentos ao que nos rodeia e tanto desconhecidos como, muitas vezes, até amigos e familiares, estão a passar por dificuldades a vários níveis. Não podemos esquecer esta realidade social e temos que responder com o dever cívico que nos chama, a Solidariedade”, sublinha em comunicado a Lipor.

Assim, fruto de uma campanha interna, estas associação estão a recolher, de forma continuada e até ao final deste ano, alimentos não perecíveis para entregar ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. De acordo com a Lipor, foram colocados contentores devidamente assinalados em todos os edifícios, apelando à solidariedade de todos. Ao mesmo tempo, o Conselho de Administração da LIPOR assumirá o compromisso de doar a mesma quantidade de géneros recolhidos e oferecidos pelos colaboradores e voluntários da Smente, duplicando assim a doação.

Numa perspetiva de parceria, a intenção é “alargar o projeto aos nossos principais parceiros operacionais, FERROVIAL, HIDURBE e VEOLIA, permitindo aumentar, ainda mais, os valores de bens doados e, consequentemente, a resolução de mais problemas de carência e fome”, refere a Lipor.

Para a Lipor, “todos os contributos são importantes e bem-vindos e quantos mais participantes, maior o nosso contributo e impacto na sociedade”. Assim, o apelo estende-se aos demais parceiros de negócio que têm manifestado interesse em se associar às associações a “alimentar a ideia” das campanhas de recolha de bens alimentares do Banco Alimentar Contra a Fome.

Durante os próximos meses, as entregas periódicas de géneros alimentícios básicos vão continuar. “Mais do que nunca as organizações devem colocar em prática os princípios da solidariedade e da partilha tornando-se verdadeiros embaixadores da Responsabilidade Social”, apela a Lipor.