Lojas Continente já venderam 40 mil Caixas Zero% Desperdício

Lojas Continente já venderam 40 mil Caixas Zero% Desperdício

As lojas Continente já venderam, desde o início do ano, 40 mil Caixas Zer0% Desperdício. O anúncio surge no dia em que se comemora o Dia Internacional de Conscientização sobre a Perda e o Desperdício de Alimentos (29 de setembro).

Estas caixas, constituídas por 5kg de frutas e legumes, que se aproximam do fim do seu valor comercial, mas que ainda estão em perfeitas condições para consumo, por 0,50€/kg pretendem “combater o desperdício alimentar” e “incentivar os clientes a um consumo consciente”, refere um comunicado, divulgado pelo hipermercado.

As frutas e legumes das Caixas Zer0% Desperdício, à venda na zona de frescos em todas as lojas Continente, são “cuidadosamente selecionados pelos colaboradores de cada loja”, que ‘resgatam’ apenas os produtos que continuam a “corresponder aos padrões de qualidade e frescura da marca”, mas que estão prestes a “perder o seu valor comercial por razões estéticas”, por exemplo. “Assim, as caixas são colocadas à venda consoante a disponibilidade de stock de cada loja”, explica o Continente.

“Desde novembro de 2019 – quando iniciámos o projeto piloto – os nossos clientes já ‘salvaram’ centenas de milhares de kg de frutas e legumes, mais de 200 mil só neste ano. Em março de 2021, por exemplo, vendemos mais de 7 mil caixas, permitindo-nos evitar toneladas de desperdício alimentar, ao mesmo tempo que oferecemos produtos que preservam excelentes condições de consumo, por um preço mais simpático para o consumidor”, explica David Monteiro, diretor da unidade de negócio de Frutas & Legumes.

Além desta caixa, a marca está a aproveitar o desperdício gerado na produção das maçãs e peras IGP transformando-as em snacks de fruta desidratada, mas também através de sumos naturais que levam apenas estas frutas espremidas, sem qualquer adição de açúcar ou água, como o sumo 100% maçãs de Alcobaça de 1,5l.

Também no sentido de evitar quebras e contribuir para um planeta mais sustentável, as lojas Continente doam diariamente excedentes alimentares a instituições de solidariedade social e apoio a animais. Em 2020, foram doados excedentes que corresponderam a 13,8 milhões de euros, a mais de 1.170 instituições por todo o país, lê-se no mesmo comunicado.

Outra estratégia de combate ao desperdício alimentar, implementada há mais de 10 anos nas lojas Continente, são as etiquetas cor de rosa (rótulos inteligentes de depreciação). “Estas etiquetas comunicam uma redução de preço em produtos que se aproximam do fim do prazo de validade”, refere o Continente, destacando que “este sistema representa vantagens para todas as partes envolvidas, já que se evita o desperdício e oferece simultaneamente benefício económico ao cliente”.