Loulé assinala Hora do Planeta 2018

Loulé assinala Hora do Planeta 2018

No próximo dia 24 de março, entre as 20h30 e as 21h30, o município de Loulé volta a associar-se à iniciativa Hora do Planeta, promovida internacionalmente pela organização global de conservação da natureza World Wildlife Found (WWF).

“É num contexto de preocupação, de mudança comportamental e de adaptação aos inevitáveis impactos da alteração do clima, que a Câmara Municipal de Loulé volta a aderir a esta iniciativa que, apesar de ser simbólica, é a maior ação do género à escala mundial”, refere a autarquia em comunicado.

Durante 60 minutos, as luzes irão apagar-se, num ato singular de preocupação ambiental, que começa na Austrália e percorre todo o globo terrestre.

No Concelho de Loulé, irão ficar às escuras os seguintes edifícios: Paços do Concelho, Edifício Engº Duarte Pacheco (Assembleia Municipal), Monumento ao Eng.º Duarte Pacheco, Mercado Municipal de Loulé, Cine-Teatro Louletano, Muralha do Castelo de Loulé, Junta de Freguesia de S. Sebastião, Junta de Freguesia de S. Clemente, Centro Autárquico de Quarteira e Junta de Freguesia de Quarteira, Junta de Freguesia de Salir, edifícios da União de Freguesias em Querença, Tôr e Benafim e Junta de Freguesia de Boliqueime.

A Hora do Planeta teve início em 2007, em Sidney, na Austrália, quando 2,2 milhões de pessoas e mais de 2.000 empresas apagaram as luzes por uma hora numa tomada de posição contra as mudanças climáticas. Um ano depois a Hora do Planeta tornou-se num movimento de sustentabilidade global com mais de 50 milhões de pessoas em 135 países a mostrarem o seu apoio a esta causa ao desligarem simbolicamente as suas luzes.

No mesmo comunicado, a autarquia apela a todos os cidadãos que contribuam para esta iniciativa ao desligar as luzes durante 60 minutos.