Loulé com investimentos fortes na eficiência energética

Loulé com investimentos fortes na eficiência energética

A Câmara Municipal de Loulé está a investir na eficiência energética dos estabelecimentos de ensino do concelho e dos edifícios das instituições de solidariedade social (IPSS), anuncia. Estes investimentos vêm ao encontro dos objetivos do Plano Nacional Energia Clima 2021 – 2030 (PNEC 2030) e da Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Município de Loulé (EMAAC). Adicionalmente, os “investimentos nas centrais fotovoltaicas permitem reduzir custos e rentabilizar ativos pela atribuição de novas funções”, refere o comunicado divulgado pelo município.

Com efeito, as IPSS que já aderiram ao programa de eficiência energética desenvolvido pela Câmara Municipal instalaram uma potência que ascende aos 330 kWp, representando um “investimento na ordem dos 500 mil euros” e uma “poupança na fatura mensal global estimada em 7.500€”, precisa a nota.

Paralelamente, a autarquia está a desenvolver um inovador projeto-piloto na Escola Professor Sebastião Teixeira, em Salir, com a criação de uma comunidade energética escolar, destinada ao autoconsumo e à sua sustentabilidade energética. Mas o investimento nas escolas é muito mais vasto, estando em execução um “plano de eco-valorização dos estabelecimentos de ensino”, refere o comunicado, dando nota que “a potência já instalada é de 300 kWp, e prevê-se, a muito curto prazo, a instalação de mais 170 kWp, o que resultará numa potência total de 470 kWp, nos 14 estabelecimentos considerados”.

O trabalho do Município em termos de transição energética tem sido marcado por vários investimentos em edifícios como o Mercado Municipal de Loulé, onde foram introduzidas energias renováveis para promover a eficiência energética do local, com a instalação de 60 kWp.

Também, no complexo das Piscinas Municipais de Loulé, estão a decorrer trabalhos para a instalação de painéis fotovoltaicos com uma potência de 50 kWp e iluminação LED, de forma a tornar estes edifícios mais sustentáveis e mais amigos do ambiente, prevendo-se para breve uma intervenção semelhante nas Piscinas Municipais de Quarteira. E as empresas (Infraquinta, Infralobo e Inframoura) também já procederam à instalação de 170 kWp.

No momento presente, o concelho de Loulé já tem uma potência total superior a 1.080 KWp, com ganhos diretos não apenas ao nível da poupança na faturação (estimando-se em cerca de 25.000€ mensais ou 300.000€ anuais), como também ao nível da redução das emissões de CO2 para a atmosfera, presumindo-se uma redução de cerca de 750 toneladas de CO2 anuais.