Luz verde para proposta de construção de ETAR da Canha

Luz verde para proposta de construção de ETAR da Canha

Categoria Águas, Ambiente

A cerimónia de assinatura do contrato de concessão da estação de tratamento de águas residuais (ETAR) de Canha terá lugar amanhã, a 2 de março, pelas 10h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, no Montijo. A empreitada foi recentemente adjudicada ao consórcio Alberto Couto Alves/Ambiágua pelo valor de 882.407,85 euros, e terá um prazo de execução de 485 dias.

A ETAR de Canha, localizada na freguesia do Montijo, está dimensionada para tratar cerca de 350 m³/ dia de águas residuais, tendo capacidade para servir 1 760 habitantes do município.

Pretende-se com a instalação da ETAR de Canha melhorar as condições de tratamento atuais, para atingir níveis de qualidade compatíveis com a atual legislação em vigor. Esta construção permitirá ainda a centralização dos caudais de águas residuais, de modo a potenciar a economia de escala, e erradicar as fossas sépticas atuais exploradas pela EPAL, bem como uma outra fossa coletiva explorada pelos SMAS do Montijo.