“Mais Sustentabilidade” é o novo portal da DECO Proteste

“Mais Sustentabilidade” é o novo portal da DECO Proteste

O novo portal – maissustentabilidade – da DECO Proteste já se encontra disponível. Em comunicado, a associação de defesa do consumidor refere que a nova plataforma pretende “sensibilizar” e “ajudar” os portugueses no seu contributo para o futuro da humanidade no planeta.

Para a DECO, a pandemia que o mundo hoje vive é uma “antevisão dos desafios que o futuro nos reserva”. E, a crise climática é “tão grave e premente” quanto a “crise sanitária que atualmente nos condiciona”, embora muitos não estejam cientes disso. Para controlar e reverter este cenário são “necessárias alterações profundas aos comportamentos e hábitos de todos”, declara a associação.

Algumas dessas alterações já se têm verificado no quadro desta crise de saúde pública. Por segurança, recorre-se mais ao comércio online e a produtos de primeira necessidade que se compram a produtores locais. Também, reduz-se o consumo de bens não essenciais e limita-se a procura por produtos que representam uma grande pegada ecológica.

Agora, a questão que se coloca é:”E se mantivéssemos esses hábitos?” É o que a DECO Proteste pretende com o novo portal: “contribuir com informação e conselhos para um comportamento mais amigo do planeta e que podem ser facilmente aplicados em casa pelos consumidores”.

Neste novo site, os portugueses vão encontrar informação e conselhos práticos sobre como se tornar um consumidor mais sustentável. Em defesa do ambiente, a a associação dará notícias em áreas que se identificam com o dia-a-dia dos consumidores, como a água, a gestão de resíduos domésticos, a mobilidade e a alimentação. Assim como, ferramentas para avaliar o desempenho enquanto consumidor sustentável: “uma calculadora ambiental que dá uma ideia da pegada ecológica e de como se deve mudar o comportamento de consumo”, exemplifica.

No portal estão disponíveis podcasts com convidados de diversas áreas, que partilham as suas inquietações e soluções para o problema da sustentabilidade. Há também espaço para os consumidores deixarem as suas opiniões e sugestões.